Prefeitura e PRF discutem participação de alunos da Rede Municipal no Fetran

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apresentou à Prefeitura de Corumbá o projeto da 8ª edição do Festival Estudantil Temático de Trânsito (Fetran MS) nesta sexta-feira, 31 de março. No encontro, foi discutida a participação de escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme) no evento. A iniciativa da PRF conta com alunos da rede oficial de ensino produzindo peças teatrais sobre as leis de trânsito. A secretária Municipal de Educação, Maria Eulina Rocha dos Santos, representou o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira.

 

A fase final do Fetran MS será realizada em Campo Grande entre os dias 17 e 22 de setembro, durante a Semana Nacional do Trânsito. A seletiva de Corumbá deverá acontecer entre junho e agosto. As inscrições das escolas estão abertas e vão até 14 de abril.

 

Podem se inscrever os Centros de Educação Infantil, estabelecimentos de ensino do nível fundamental e médio, das redes de ensino pública e privada. O Festival está dividido nas categorias Infantil – para estudantes do 1° ao 5º ano do Ensino Fundamental e com idade a partir dos 07 anos –? Infanto-Juvenil – do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental ou com idade entre 11 e 15 anos – e Juvenil – estudantes do Ensino Médio, incluso as modalidades EJA (Ensino de Jovens e Adultos) e tecnológica/profissionalizante.

 

Desenvolvido pela Polícia Rodoviária Federal, o Fetran tem como objetivo estimular a produção teatral estudantil e criar condições para se pensar no comportamento de cada um em relação às regras que regem o trânsito de veículos, condutores e pedestres, promovendo assim a educação para o trânsito junto ao público escolar: infantil, infanto-juvenil e juvenil. Busca também, sensibilizar crianças e adolescentes da necessidade de conhecer e respeitar as leis que regem o trânsito no Brasil e auxiliar a formação consciente dos futuros condutores de maneira que sejam comprometidos com a segurança.

 

“Com o teatro conseguimos envolver os públicos infantil, adolescente e jovem. É uma faixa etária difícil de chamar atenção, porque só se preocupam quando chega a época de tirar a carteira nacional de habilitação. Com o festival envolvemos a comunidade estudantil e começamos a fazer refletir sobre a importância que cada um tem no trânsito, desde a criança até o adulto”, afirmou o inspetor Fábio Sodré, chefe do grupo de educação da PRF.

 

A secretária de Educação de Corumbá, Maria Eulina Rocha, ressaltou que a participação das crianças num evento que tem a legislação de trânsito como temática é extremamente importante para a sociedade. “Da educação infantil até a 9ª série é importante que os alunos aprendam regras de respeito à vida. O Fetran favorece isso. Para a criança, a questão lúdica interioriza melhor a aprendizagem. Quando ela vê atitudes, memoriza e pratica na vida”, finalizou. O inspetor Márcio Júlio, chefe da delegacia PRF em Corumbá, também participou da reunião.