Encontro debate rede de atendimento socioassistencial de Corumbá

Nessa quinta-feira, 9 de março, a Secretaria Municipal de Assistência Social realizou uma reunião para discussão do fluxo de atendimento dos serviços socioassistenciais, com ênfase no atendimento à crianças e adolescentes sob medida protetiva.

 

O encontro aconteceu na Casa dos Conselhos e contou com a participação de conselheiros tutelares de Corumbá e representantes das unidades de atendimento CRAS, CREAS e Casa de Acolhimento.

 

Segundo o secretário municipal de Assistencial Social, Haroldo Cavassa, “as ações pontuais e desarticuladas não conseguem, e nunca conseguirão, alterar a dinâmica das vulnerabilidades sociais a que os usuários dos serviços sociais ficam sujeitos. Faz-se necessário e imprescindível ter uma visão mais ampla das necessidades das famílias”.

 

Casa de Acolhimento

 

A Casa de Acolhimento Adiles de Figueiredo Ribeiro abriga de forma provisória e excepcional crianças sob medida protetiva conforme preconiza o Estatuto da Criança e do Adolescente em seu Art. 98, cujas famílias não estejam desempenhando seu papel de cuidado e proteção.

 

A rotina de atendimento destas crianças envolve não apenas o atendimento psicossocial, orientação e apoio, mas sim todas as atividades comuns da vida diária como: refeições, higiene, repouso, frequencia a rede regular de ensino e lazer. As crianças permanecem em tempo integral na casa de acolhimento. A reinserção familiar somente acontece após determinação judicial.