Somos Cravos, Somos Rosa exalta a importância da prevenção contra o câncer

O carnaval é época de festa, alegria, descontração, mas também de cuidado e preservação, principalmente ao que diz respeito ao corpo. Pensando nisso, a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Corumbá decidiu colocar na rua, pela primeira vez, o bloco intitulado Somos Cravos, Somos Rosa.

 

O nome foi escolhido para enfatizar que o câncer atinge homens e mulheres. “O câncer é uma das doenças que mais mata no nosso país, por isso, temos que deixá-lo em evidência sempre, porque a prevenção ainda é o melhor remédio”, ressaltou a presidente da rede em Corumbá, Cláudia Maria Ferreira de Souza. “Participarmos do carnaval com o intuito de mostrar a importância da conscientização. É um meio divertido e original de falar sobre um assunto de extrema importância”, complementou.

 

Com as arrecadações da folia revertidas em prol a Rede Feminina, o bloco levou para a avenida 300 pessoas acompanhadas pelo trio elétrico Águia de Fogo. Inês Marina decidiu apoiar a causa e para isso levou toda sua família para o bloco, “na minha família tivemos muitos casos de câncer uns terminaram bem e outros não, então eu sei como é a sensação dos dois lados, por isso, achei necessário participarmos”.

 

Para André Luiz, a desmistificação do câncer masculino também é essencial para a melhor qualidade de vida do homem, “nós, homens, precisamos ser conscientes que essa doença atinge a todos. Vergonha não pode existir, o que deve existir é a vontade de viver cada dia melhor”.

 

Rede Feminina de Combate ao Câncer de Corumbá

 

A Rede Feminina, está localizada na Rua XV de novembro, 1199 e atende 150 pacientes de Corumbá, Ladário e Bolívia. Funciona de segunda à sexta-feira, de 7h30 à 11h30 e de 13h30 à 17h30. O atendimento médico é realizado em parceria com o Centro de Oncologia e, o espaço ainda conta com o apoio diário de assistentes sociais, psicólogos, fisioterapeutas e nutricionistas. Quem tiver interesse em colaborar como voluntário da rede basta se dirigir ao local.