Sem casos confirmados de H1N1, Município promove ações de prevenção

Sem nenhum caso confirmado de H1N1 em Corumbá, o Município, através da Secretaria Municipal de Saúde, montou uma sala de situação em janeiro de 2017, como precaução. O ambiente é um espaço para tomada de decisões estratégicas relacionadas à saúde no município. “A sala de situação disponibiliza informações gerenciais que nos permite propor soluções assertivas para problemas pontuais ou recorrentes”, explica o secretário municipal de saúde, Rogério dos Santos Leite. O núcleo é capaz de antecipar situações de emergência, definir planos de ação em caso de desastres naturais, como surtos de doenças.

 

Atualmente o Brasil vivencia um aumento de casos de Fbre Amarela, Dengue, Zika, Chikungunya, gripe comum e gripe por H1N1 e, em Corumbá, foram definidas estratégias de atendimento em caso de notificações.  “Temos uma estrutura montada para atender o cidadão e até o momento não temos nenhum caso confirmado de gripe H1N1”, ressalta Leite.

 

Nenhum caso de H1N1 foi confirmado no Município, recomenda-se algumas práticas de higiene para prevenção das doenças, principalmente nos espaços com grande concentração de pessoas. Durante a folia, são esperadas 40 mil pessoas oriundas de diversas partes do Brasil e do mundo, o que requer uma preocupação da pasta em promover a saúde entre turistas e população. “São hábitos de higiene simples que podem ser adotados durante o Carnaval”, pontua Leite.  

 

O secretário finaliza: “é importante tomar os cuidados básicos de higiene como lavar as mãos, evitar locais fechados e com pouca ventilação”. Caso apresente sintomas como coriza, febre, dor de cabeça, tosse e dor no corpo, procure a unidade de saúde mais próxima.

 

Editado em 25/02 para correção de informações.