Prefeitura vai melhorar serviços públicos e viabilizar execução de grandes obras

O principal desafio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos é ampliar e melhorar os serviços oferecidos à população. Ações simples, como roçada, iluminação pública e coleta de resíduos sólidos, mas que são de grande importância para os munícipes e estavam paralisados, inclusive já foram retomados pela Prefeitura.

 

Outro grande desafio da pasta, comandada pelo engenheiro Ricardo Campos Ametlla, é a execução dos projetos do Programa de Desenvolvimento Integrado (PDI) de Corumbá, assinado na semana passada pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, em Brasília.

 

 “Nós recebemos a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos com a preocupação de manter a essência dela, que são os serviços públicos de iluminação, tapa-buracos, coleta de resíduos sólidos, limpeza urbana em geral. E encontramos, infelizmente, esses serviços praticamente paralisados quase em sua totalidade. A primeira ação nossa foi retomar esses serviços públicos, ao qual o munícipe, além de necessitar, arca com eles através do IPTU”, afirmou o secretário.

 

 “Ao mesmo tempo nós passamos a verificar a situação de projetos que o Município teria para desenvolver. Projetos em varias áreas, na educação, saúde, infraestrutura, assistencial social, e constatamos que essa carteira de projetos não existe. Então temos que formar essa carteira de projetos para que o Município, juntamente com o Legislativo, com a bancada Estadual e Federal, consiga canalizar os recursos para que, assim, possamos desenvolver as obras necessárias”, complementou Ametlla.

 

 Servidor de carreira da Prefeitura, Ricardo garantiu que a secretaria estará sempre em contato direto com a população. “Já a partir de fevereiro, interagindo muito com a comunidade, faremos reuniões nos bairros para ouvir a demanda da população ao tocante aos serviços de infraestrutura e serviços públicos. Estaremos pegando essas necessidades e vindo a transformar em projetos. Logicamente que projetos exequíveis”, destacou.

 

 “Sabemos que existem ações importantes, mas que precisam de uma monta financeira alta e o Município não consegue arcar com isso. A Prefeitura precisa procurar recursos fora. Acreditamos também que pequenos projetos, desenvolvidos de maneira econômica e equilibrada, podem resolver várias situações que observamos, principalmente nesse período de chuvas. Por exemplo a manutenção, limpeza de boca de lobo e galerias, se fossem feitos periodicamente, poderia ter amenizado esses problemas”.

 

 E ainda no primeiro mês de gestão, a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos iniciou três importantes ações: o programa Corumbá Mais Limpa, executado em parceria com a Secretaria de Saúde, a readequação do Portal de Entrada da cidade e a manutenção das vias públicas.

 

 “Temos um serviço preventivo de pavimentação asfáltica, que hoje está no Generoso e será levado a vários outros bairros. Temos ainda para esse ano o lançamento e execução de pavimentos novos, tanto asfáltico quanto em blocos de concretos, conhecido popularmente como lajotas. Ao longo desse ano estaremos desenvolvendo esses dois tipos de projetos em pavimentação, boa parte executada com recursos próprios e um pouco de recursos estadual e federal”, prosseguiu Ricardo Ametlla.

 

 “Na parte habitacional, que também foi outro setor que, em matéria de projetos, não tinham ações a serem desenvolvidas, estamos procurando desenvolver novos projetos, novos programas habitacionais com o Governo do Estado e o Governo Federal. Hoje temos um projeto em execução, que é do Minha Casa, Minha Vida, mas não esta concluído por falta da infraestrutura ao entorno dele. Estaremos terminando as infraestruturas para assim o prefeito poder entregar definitivamente aquelas casas. Temos uma previsão para esse primeiro semestre”, concluiu Ricardo Ametlla.