Colorida e muito vibrante, Nova Corumbá fez mais um grande desfile

Em busca do segundo título consecutivo, a Mocidade Independente da Nova Corumbá apostou no enredo “Chegou a hora desta gente bronzeada mostrar seu valor”. Para passar a mensagem de garra e determinação de um povo honesto e trabalhador, a agremiação apostou nos encantos do samba enredo para conquistar o público e obteve êxito.

 

A comissão de frente composta por 10 bailarinos representando os trabalhadores que contribuem para o desenvolvimento do país anunciou a entrada da escola na avenida General Rondon. ‘Trabalhadores ao sol’ foram os destaques do carro abre-alas, onde os operários edificam o Brasil e garantem o desenvolvimento e melhor qualidade de vida para a sociedade.

 

Indispensável nas agremiações, a ala das baianas veio representando as lavadeiras, guardando assim, a memória das mulheres de fibra que utilizam as mãos para garantir o sustento da família.

 

A bateria nota 10 do Mestre Diego Rojas composta por 110 ritmistas, que sempre se caracterizou por passar arrasando’na passarela do samba com o tradicional recuo a bateria, e a exulberante volta no final da agremiação, não decepcionou e fez bonito mais uma vez. A rainha da bateria, Carol Castelo, contagiou com seu sorriso e samba no pé.

 

Os ensinamentos que dignificam o homem foi a mensagem pelo primeiro casal de mestre sala e porta bandeira, Edelton e Walessa que desfilaram homenageando a realeza: Pai e Mãe. O segundo casal de mestre sala e porta bandeira, Helbert e Vilma Simpatia, homenagearam a saudosa Venância Duarte e Wilson Papa, considerados eternos foliões do carnaval corumbaense. Os trabalhadores noturnos foram lembrados pelo casal mirim de mestre sala e porta bandeira, Maruan e Vitória. A importância de uma infância leve e bem vivida foi retratada pelo segundo casal mirim de mestre sala e porta bandeira, Ademar e Maria.

 

As 18 alas da agremiação que desfilou com 700 componentes retratou desde pedreiros, garis, funcionários do lar, o homem do campo, cozinheiros, professores, pescadores, motoristas, costureiros, aderecistas, ambulantes até os profissionais da área da saúde e segurança.  

 

Na bonita homenagem aos trabalhadores empolgou o público. A boa leitura do conjunto fez com que a Mocidade Independente da Nova Corumbá conseguisse deixar seu recado de valorização e reconhecimento aos esforços diários do povo brasileiro.

 

FICHA TÉCNICA

Presidente: FERNANDA VANUCCI

Tesoureiro: INOCENTE ARECO

Fundação: 22/06/1999

Cores: VERDE, VERMELHO E BRANCO;

Quadra de ensaios: RUA MARECHAL FLORIANO 195 (NOVA CORUMBÁ)

Enredo: CHEGOU A HORA DESSA GENTE BRONZEADA MOSTRAR SEU VALOR

Total de alas (incluindo: PASSISTAS, BATERIA E BAIANAS): 18

Número de Alegorias: 04

Componentes: 700

Carnavalesco: VAL ARAUJO

Autores do Samba Enredo: AILSON RENAN, SHAZAM, RAFAEL TUBINO, WILLIAN TADEU, THIAGO MEINERS E VICTOR ALVES;

Diretor Geral de Carnaval: IVANILDA SANTOS

Diretor de Harmonia: INOCENTE ARECO

Diretores: JOBSON, LINDIVALDA DOS SANTOS, LUIZ MARIO ANACHE, LUIZ BOSCO DELGADO, REINALDO SANTOS E MARIA CALABRIA ROCHA(MOROCHA);

Interprete Oficial: ALEX SANTOS (ALEX BARATINHA)

Intérpretes Auxiliares: LUCIO, AUGUSTO, WILTON, SASSA DA MOCIDADE,

Músicos: Cavaco: MARCAO AVE MARIA, NEYZINHO E XELINHO

            Violão: WILLIAN

Diretor Geral de Bateria: ELVIS LEITE

Mestre de Bateria: DIEGO ROJAS

Total de componentes: 110

Mestre Sala e Porta Bandeira: EDELTON E WALESSA

Coreografo da Comissão de Frente: GIGIO MORRONE

Aderecistas: ANA SANDRA, SILVANA, HEBERTH, MATHEUS, DIEGO, MARIANE,

                  ALINE, DEBORA E EZEQUIEL.

Costureiras (os): NILDES SORRILHA, IARA JARCEM

 

Samba-Enredo

Shazam, Rafael Tubino, Thiago Meiners, Willian Tadeu, Ailson Renan e Victor Alves

 

CHEGOU A HORA DESTA GENTE BRONZEADA MOSTRAR SEU VALOR…

NO TOQUE DA BARCELONA, EU VOU CANTAR SALVE O MEU POVO GUERREIRO DE NOVA CORUMBÁ

Bem pequenininho. Minha mãe me ensinou:

“O trabalho te faz nobre. Seja pobre ou doutor”

Fui crescendo de mansinho. Conquistei o meu valor

Virei rei na “mocidade”. Cidadão trabalhador

PELO MUNDO AFORA… EU VOU, EU VOU

LEVANDO AS LIÇÕES  QUE O PROFESSOR ME ENSINOU

Força que transforma o dia-a-dia. De sol a sol, seguindo as ruas.

Construindo um novo amanhecer

Nos verdes campos, a luta continua. Vou levar pelas estradas meu sonhar.

É a coragem de quem faz acontecer. E nas cidades, sua voz vai ecoar

Caminho limpo, vai passar meu carnaval. Portões aberto pra alegria

SOU O ARTESÃO DA ILUSÃO QUE FAZ BRILHAR A FANTASIA