Agência Municipal de Segurança vai integrar forças e qualificar atuação da Guarda Municipal

Criada pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira para integrar e potencializar a atuação das Forças de Segurança da região, a Agência Municipal de Segurança Pública tem como primeiro grande desafio garantir a tranquilidade do Carnaval de Corumbá, festa que reúne cerca de 40 mil pessoas por noite. Outra meta da pasta é garantir a valorização dos guardas municipais e preparar os servidores para as mudanças estabelecidas pela Legislação.

Também é atribuição da Agência aproximar a Guarda da comunidade local. “A ideia do prefeito Ruiter é exatamente mudar a mentalidade da participação do Município na Segurança Pública. Tem-se que a Segurança Pública é obrigação do Estado, através da Policia Militar e Civil, mas o entendimento nosso é que a responsabilidade é de todos, e isso está na Constituição”, afirmou coordenador da Agência Municipal, Jorge José Pinto de Castro.

 

Oficial da reserva da Marinha do Brasil, De Castro ressaltou a importância do Município protagonizar a questão da Segurança Pública. “A agência foi criada para que possa fazer a articulação entre as unidades de polícia Militar, Civil e Federal para que possamos inibir o crime, desde prevenção até repressão”. “Nós temos hoje que nos preocupar com a segurança patrimonial, por isso estamos viabilizando alguns projetos junto às secretarias para que todas as unidades possuam alarme e vídeo monitoramento. É impossível colocar um guarda 24 horas em cada unidade. São mais de 140 pontos na cidade, incluindo escolas, creches, CRAS e demais unidades da administração pública”, continuou o responsável pela Agência Municipal de Segurança.

Mas a atuação da Prefeitura não se restringe a segurança patrimonial. “Temos que nos preocupar também com o maior patrimônio nosso, que é a comunidade, o povo de Corumbá que vive em áreas comuns, nossas praças públicas, nas vias, no Porto Geral e etc. São locais que encontramos tomados em parte pela criminalidade, essa briga de gangues, assustando a comunidade. Hoje a família já não consegue estar nas praças porque vai sofrer assaltos, tem o problemas das drogas. Então estamos fazendo um trabalho de retomada desses pontos, entregando novamente para a comunidade”. A atuação conjunta entre a Guarda e a PM já obteve importantes resultados, mesmo em um período tão curto de tempo.

 

“Podemos perceber uma sensível melhora nas últimas duas semanas. Iniciamos uma grande operação com a Polícia Militar e a Guarda Municipal e, conseguimos reduzir os índices de violência, apreendendo armas e cumprindo mandados de prisão”. Foi criado um forte esquema de segurança que será realizado durante todo o Carnaval. A diferença é que o reforço não será restrito à avenida, mas também nos bairros da cidade. “Os bairros estão sendo policiados e, principalmente o perímetro da festa. Quando o folião chegar faremos um trabalho intensivo de revista para que não tenhamos problemas”, pontuou De Castro, buscando dar tranquilidade para a população brincar o Carnaval. 

 

Guarda Municipal 

Os planos da Agência Municipal de Segurança Pública para a Guarda Municipal privilegiam diretamente os servidores públicos. “É preciso melhorar consideravelmente a Guarda Municipal, especialmente na atualização  da legislação trabalhista relacionada aos planos de cargos e salários. Estamos em processo de licitação para regularizar a entrega de uniformes, pois muitos agentes estão há anos sem receber a vestimenta necessária para cumprir seu dever”, encerrou Jorge José de Castro.