Fundação de Meio Ambiente do Pantanal vai promover boas práticas ambientais

Com 17 anos de experiência na Prefeitura de Corumbá, a bióloga Ana Cláudia Moreira Boabaid assume a cadeira de diretora-presidente do Meio Ambiente do município na gestão 2017/2020. Como ações prioritárias, é enfática: “Para 2017, o nosso foco é retomar os serviços de manutenção das árvores da cidade, bem como realizar o censo arbóreo, pois a partir dele vamos ter condições de definir as principais estratégias para a arborização de todo o município. Inicialmente, em regime emergencial, já está sendo feita a poda de árvores na área central, que há meses não era realizada”.

 

Nos próximos trinta dias, uma equipe da Prefeitura estará no centro da cidade realizando podas das árvores das vias públicas com a finalidade de clarear as ruas, eliminar conflitos com placas de trânsito, semáforos, imóveis e fiação aérea, bem como desobstruir as passagens para pedestres e veículos. Um caminhão acompanhará esse trabalho com o objetivo de realizar a limpeza dos resíduos oriundos destas podas, a fim de minimizar os transtornos causados à população. Se de um lado, as árvores estão recebendo a poda para melhorar a qualidade de vida dos moradores, de outro, com a mesma finalidade, será realizado o plantio de mudas na cidade, aproveitando o período de chuvas.

 

Paralelo às ações de arborização, a Fundação de Meio Ambiente também desenvolverá várias oficinas para trabalhar projetos de educação ambiental com as crianças e jovens da rede pública e particular. Esses trabalhos ocorrerão na Cacimba da Saúde, local onde os estudantes poderão ter um contato de perto com a natureza e aprender a valorizar o bioma Pantanal. Essas oficinas trabalharão diversos temas relevantes dentro do meio ambiente, como resíduos sólidos e a sua correta destinação, coleta seletiva, os problemas relacionados às queimadas, conservação da fauna e outros.


A coleta seletiva é outro projeto que deverá receber maior atenção nessa gestão atual, pois, apesar de atuar em muitos bairros, boa parte da população ainda tem dúvidas quanto ao funcionamento. E, para solucionar o acesso à informação e às boas práticas de meio ambiente, serão oferecidos treinamentos e oficinas de conscientização e cidadania, para o descarte correto dos materiais recicláveis, pois Corumbá possui uma cooperativa que utiliza esse material e reduz o impacto ambiental da cidade.


O Parque Municipal de Piraputangas, que é um local ainda pouco conhecido pela população, será estruturado para receber os visitantes que quiserem ter um momento de lazer em contato com a natureza. Trilhas serão abertas e a sua sede funcionará como casa de apoio para receber todas as pessoas que por ali passarem. Neste local também funcionará um viveiro para coleta de sementes de árvores nativas, destinadas para plantio em vias públicas e recuperação de áreas degradadas. Algumas importantes parcerias com instituições públicas e privadas devem ocorrer para viabilizar esses projetos.


“O nosso foco é promover a qualidade de vida ao corumbaense a partir da adoção de boas práticas do meio ambiente, é importante que o cidadão saiba que queremos que Corumbá seja uma cidade limpa, bonita, com perfil inovador no manejo ambiental, principalmente por estarmos rodeados de um patrimônio da humanidade, que é o Pantanal”, conclui.


Coleta Seletiva

 

É aproveitado pela coleta seletiva: embalagens plásticas, vidro, papel, papelão e metal. Os outros materiais orgânicos (restos de comida, erva de tereré, casca de alimentos, lixos de banheiro) não são recicláveis e não devem ser separados. Este caminhão só recolhe o lixo reciclável e é diferente do caminhão que coleta o lixo comum.

 

A coleta seletiva acontece de terça-feira a sábado, em alguns bairros da cidade.  Para participar o cidadão precisa separar o lixo reciclável do lixo comum. O caminhão da Coleta Seletiva passa a partir das 8 horas da manhã, conforme o cronograma abaixo:

 

Terça-feira: Centro, Cravo Vermelho, Cristo Redentor

Quarta-feira: Aeroporto, Arthur Marinho, Cervejaria, Dom Bosco, Generoso, Popular Nova, Porto Geral

Quinta-feira: Universitário, Previsul, Popular Velha, Maria Leite, Indubrasil, Centro América

Sexta-feira: Centro, Nossa Senhora de Fátima

Sábado: Jardim dos Estados, Guatós, Guarani, Nova Corumbá