Agetrat faz campanha com foco no transporte de crianças em motocicletas

Transportar crianças pequenas em motocicletas, além de colocar a vida dos pequenos em risco, é uma infração gravíssima, e infringe o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que prevê, além de multa, sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), recolhimento da carteira e perda do direito de dirigir.

 

As equipes da Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat) detectaram um aumento desse tipo infrações nas vias urbanas de Corumbá e iniciou nesta sexta-feira, 19, uma campanha de conscientização na cidade contra este tipo de conduta por parte dos condutores de motocicletas.

 

A blitz educativa aconteceu na Rua Porto Carrero, próximo ao Centro de Educação Infantil Estrelinha Verde. “Temos observado o aumento desse tipo de infração na cidade. Por isso iniciamos esta campanha que será desenvolvida em pontos estratégicos da cidade, vias com grande fluxo de veículos”, explicou o diretor da Agetrat, Alexandre Vasconcellos.

 

Legislação

 

O Código de Transporte Brasileiro, em seu artigo 244 cita que quer estiver conduzindo motocicleta, motoneta e ciclomotor, se estiver transportando criança menor de sete anos ou que não tenha, nas circunstâncias, condições de cuidar de sua própria segurança, está cometendo uma infração gravíssima que, além de  multa, tem o direito de dirigir suspenso, além de recolhimento do documento de habilitação como medida administrativa.