Prefeito pede apoio da OAB/MS na luta para reverter a desativação da 18ª Brigada

O prefeito Paulo Duarte participou na manhã desta sexta-feira, 24, da reunião do Conselho Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), e solicitou apoio da instituição na tentativa de reverter a decisão do Comando do Exército Brasileiro, que anunciou a desativação da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, sediada em Corumbá.

 

A reunião do Conselho Seccional acontece em Corumbá, no Hotel Nacional e está deliberando sobre a Carta de Recomendação de Corumbá elaborada durante o LXV Colégio de Presidentes das Subseções da OAB/MS, que aconteceu na quinta-feira, 23, no mesmo local.

 

“A OAB é uma instituição de grande importância, uma entidade forte e, por isso, pedimos apoio da Ordem para entrar nesta luta com a gente e reverter o quadro, mantendo a 18ª Brigada de Infantaria em Corumbá”, disse o prefeito. Ele, no encontro com os conselheiros, fez um relato sobre o assunto e disse que “fomos surpreendidos com esta decisão unilateral e, desde então, estamos trabalhando para reverter e acho que vamos conseguir”.

 

Paulo lembrou o encontro que teve em Corumbá com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, quando iniciou entendimentos referentes ao assunto. “Esta semana tivemos uma audiência com o ministro, em Brasília, com as presenças dos senadores sul-mato-grossenses Waldemir Moka, Pedro Chaves e Simone Tebet, tratando da questão, e o apoio da OAB/MS é extremamente importante, por se tratar de uma instituição forte que pode nos ajudar a manter a Brigada em Corumbá”, explicou.

 

O presidente da Ordem, Mansour Elias Karmouche, mostrou-se preocupado com a situação, principalmente pelo fato de Corumbá ser uma região de fronteira, que precisa das forças militares. “Tenho certeza de que o Conselho vai acatar”, comentou, lembrando o caso recente ocorrido em Ponta Porá, que faz fronteira com o Paraguai. “Como tirar o Exército da fronteira?”, indagou, afirmando que o Conselho Federal acionará a OAB Nacional.

 

Mansour elogiou Paulo Duarte dizendo que é um “prefeito jovem”, que “tem visão diferente”. Disse também que “não é comum a gente receber prefeitos em reuniões da Ordem”, mas como um dos temas debatidos é justamente a Reforma Política, “ouvir o Paulo é muito importante”.

 

Os temas que estão sendo deliberados na reunião do Conselho Seccional são: Reforma Política do país, Campanha dos Comitês contra o Caixa Dois, Conflitos Indígenas, Valorização da Advocacia e a garantia de sua efetivação, além de assuntos pertinentes às demandas das Subseções.

 

Ao se despedir do prefeito, Mansour citou que foi coincidência o encontro em Corumbá justamente durante o Arraial do Banho de São João. Elogiou a festa, a cidade de Corumbá pelas suas belezas, sua cultura, sua história, sua tradição e pela importância no cenário nacional. Deixou em aberto um novo encontro na cidade que, desta vez, por sugestão do prefeito Paulo Duarte, poderá acontecer a bordo de um barco hotel, navegando pelas águas do Rio Paraguai, pelo Pantanal.

 

oab

Prefeito Paulo com Roberto Ajala Lins, presidente da subseção de Corumbá, e Mansour Elias Karmouche, presidente da OAB/MS (Foto: René Marcio Carneiro)