Corumbá foi exemplo de Educação Inclusiva durante Conferência Nacional

O trabalho que o município de Corumbá vem desenvolvendo com a Educação Inclusiva foi destaque durante a IV Conferência Nacional de Direitos Humanos, realizada no mês passado em Brasília, tendo como um dos eixos, o direito das pessoas com deficiência.

 

A técnica do Conselho de Educação de Corumbá, Rosa das Graças Nunes Delgado, foi uma das quatorze pessoas que representaram o estado de Mato Grosso do Sul no evento nacional.

 

Defensora da inclusão na escola, Rosa destacou o trabalho da Secretaria Municipal de Educação, por meio do Núcleo de Educação Especial, na REME (Rede Municipal de Ensino), onde, de acordo com dados, 165 estudantes foram atendidos em escolas regulares com o auxílio de cuidadores, dependendo do grau de necessidade apresentado.

 

Na discussão de um dos eixos da Conferência Nacional, a técnica Rosa fez uso da palavra e, devido sua intervenção, o texto-base que será referência em todo o país no tema teve alterações levando em consideração as experiências já avançadas no município pataneiro.

 

Também participaram do evento na capital nacional, técnica da Secretaria Municipal de Educação que atuou em outro eixo de discussão. A 4ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, com o tema “Os Desafios na Implementação da Política da Pessoa com Deficiência: a Transversalidade como Radicalidade dos Direitos Humanos”, foi uma das vertentes da Conferência Nacional de Direitos Humanos que reuniu ainda representantes dos direitos das crianças, dos idosos, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.