Prefeitura e escola estadual desenvolvem projeto pela preservação ambiental

A Prefeitura de Corumbá e a Escola Estadual Otacílio Faustino da Silva estão desenvolvendo um projeto que visa promover a conscientização e envolvimento dos alunos com atividades em defesa do meio ambiente em que vivem e convivem.

 

Os trabalhos estão sendo desenvolvidos pela Fundação de Meio Ambiente do Pantanal em parceria com a direção da escola, e conta com a participação direta dos alunos que foram escolhidos como líderes de classe, responsáveis pelo ambiente.

 

No final da semana passada, alunos do Otacílio participaram de uma capacitação na Fundação e, a partir de agora, eles são os responsáveis pela divulgação das ações para despertar em toda a comunidade do Otacílio, o sentido de ser cidadão consciente e participativo visando a preservação do meio ambiente.

 

O diretor da escola, Antônio César Coelho Assad, explicou que o projeto é de extrema importância para a escola e também para a comunidade da região de entorno. Ele ressalta que é necessário um trabalho de conscientização para uma total mudança de hábito de todos na região para, por exemplo, eliminar um problema sério que é o descarte inadequado do lixo domiciliar.

 

O diretor cita por exemplo, o problema do “mini lixão” existente na Rua Major Gama, esquina com uma alameda existente entre a Duque de Caxias e a João Afonso. Acontece que a coleta de lixo domiciliar, nesta região, acontece às segundas, quartas e sextas-feiras, durante o dia, a partir das 6h30. No entanto, devido ao descarte inadequado, o local acaba ficando cheio de lixo mesmo nos dias em que não há coleta.

 

“É uma situação que incomoda a escola”, disse Antônio César, lembrando que “jogam lixo por cima do muro, no pátio da escola. Até cachorro morto já encontramos lá”, ressaltou, adiantando que foram este e outros motivos que levaram a escola a desenvolver o projeto ambiental.

 

Parceira

 

O diretor-presidente da Fundação, Antônio Rondon da Silva, informou que o projeto é importante e que a Prefeitura está trabalhando junto com a direção da Escola Otacílio. “É um projeto que vinha sendo desenvolvido pela Márcia (vice-prefeita e ex-diretora da Fundação) e estamos dando continuidade. Além da capacitação, já estamos preparando uma grande ação na escola, com envolvimento de todos os alunos, professores, direção”, informou.

 

O projeto viabilizou a formação de uma Comissão de Proteção ao Meio Ambiente e envolve todos os alunos, professores, direção e funcionários do estabelecimento de ensino. “Uma das ações programadas será a pintura do muro. Vamos repaginar aquele muro. Além disso, vamos focar também a reciclagem do lixo, desenvolver um projeto de compostagem e implementar a horta comunitária, além de um trabalho externo com a comunidade, de educação ambiental, visando uma mudança de atitude”, explicou, adiantando que uma reunião com os pais dos alunos também está programada.