Cultura e culinária pantaneira encantam estrangeiros da Adventure Week

A primeira noite dos participantes da Adventure Week Pantanal & Bonito em Corumbá teve muita cultura e comidas típicas da região. Após conhecerem o Porto Geral, os empresários e jornalistas estrangeiros participaram de um jantar realizado na sede da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico (Fuphan).

 

O antigo Hotel Galileo, que foi totalmente recuperado pela Prefeitura após décadas de abandono, acolheu os visitantes com toda sua imponência, história e importância para a cidade. Foi de uma de suas sacadas que o acordeonista Mario Zan compôs a famosa música Chalana, um dos hinos não oficiais de Corumbá.

 

Para ambientar os visitantes, a Orquestra Corumbaense de Viola Caipira do Sesc mostrou o chamamé, guarania, rasqueado, rastapé e o pagode, todos ritmos característicos do Pantanal sul-mato-grossense. E os alunos e professores da Oficina de Dança mostraram com maestria como se dança essas músicas.

 

No cardápio, o caldo de piranha e a saltenha foram o carro-chefe do jantar, que teve também sopa paraguaia, ragu de carne seca com bolacha pantaneira, pacu frito, peixe a urucum e, de sobremesa, sorvete de bocaiuva.

 

“Corumbá é um município com mais de 65 mil quilômetros quadrados de extensão, portanto, maior que muitos países da Europa. Somos uma cidade grande no tamanho, na cultura, no meio ambiente e também no amor em receber as pessoas que nos visitam”, afirmou o prefeito Paulo Duarte durante o evento.

 

“Esse é um momento muito importante. Tenho certeza que esse Adventure Week vai marcar um novo tempo no turismo de nossa região”, complementou o chefe do Executivo municipal. Nesta quinta-feira os estrangeiros vão conhecer o artesanato local e, no final da tarde, embarcam em um cruzeiro fluvial até o Porto da Manga.