Prefeitura recupera estradas de assentamentos danificadas pelas chuvas intensas

A Prefeitura de Corumbá está recuperando as estradas vicinais, que cortam os assentamentos do Município, para melhorar as condições de tráfego, em especial das linhas de ônibus, facilitando o acesso das crianças às escolas e contribuindo para escoamento da produção das pequenas propriedades rurais.

 

Os serviços foram iniciados nesta semana, após um longo período de chuvas intensas, que acabaram prejudicando sensivelmente as vias, atrapalhando inclusive o retorno às aulas nas escolas municipais Paiolzinho, no assentamento Paiolzinho, e Monte Azul, no Taquaral. Nestes dois estabelecimentos de ensino, aliás, o ano letivo de 2016 foi iniciado somente esta semana, devido justamente às condições das estratadas.

 

A recuperação está sendo executada pelas equipes da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, com apoio da Secretaria de Produção Rural. Neste primeiro momento, conforme o secretário de Infraestrutura, engenheiro Gerson da Costa Melo, estão sendo atacados os pontos considerados mais críticos e que dão acesso não só às escolas Monte Azul e Paiolzinho, mas também à Eutrópia Gomes Pedroso, no Tamarineiro, já na faixa de fronteira com a Bolívia.

 

Uma das estradas que está sendo recuperada é a que dá acesso à localidade do Jacadigo, na faixa de fronteira. Após as chuvas, conforme o secretário, alguns trechos ficaram intransitáveis e está sendo necessário implantação de aterro, além de abertura de valas nas laterais, para escoamento da água.

 

“É um trabalho que vem sendo executado de forma constante para manter as estradas em condições de tráfego. Infelizmente, tivemos um longo período de chuvas e os prejuízos foram enormes. Estamos recuperando inicialmente as linhas de ônibus, facilitando o acesso das crianças às escolas, e também escoamento da produção”, destacou.

 

As equipes estão trabalhando inclusive neste final de semana. “A determinação do prefeito Paulo Duarte é dar plenas condições para que os ônibus trafeguem com maiôs segurança, levando e trazendo as crianças das escolas, bem como atender o produtor que precisa trazer o que produz para a cidade. Muitos trechos se encontram intransitáveis e estamos trabalhando intensivamente para recuperar”.