Para ‘Família Clio Proença’, Projeto Bons Ventos climatiza o ensino

“Você nos trouxe o ‘ar’ que refrigera os ânimos, tempera a sabedoria e ‘climatiza’ o ensino”. Foi dessa forma que alunos, professores, diretores, coordenadores administrativos e demais servidores da Escola Municipal Clio Proença receberam o prefeito Paulo Duarte na manhã deste sábado, 05 de março. É que dentro da quinta edição da Prefeitura no Bairro, o chefe do executivo corumbaense entregou o sistema de climatização das salas de aula do maior estabelecimento de ensino da cidade, que conta com 1,4 mil alunos.

 

Hoje, os 27 estabelecimentos de ensino da Rede Municipal (entre escolas e centros de educação infantil), localizados na área urbana, já foram atendidos pelo Projeto Bons Ventos idealizado pelo prefeito Paulo Duarte, para climatizar todas as salas de aula das unidades mantidas pelo Município, por meio da Secretaria de Educação.

 

A entrega da climatização das salas de aula, diretoria e setores administrativos da Escola Clio Proença aconteceu no início da manhã, logo após a abertura da quinta edição da Ação Prefeitura no Bairro que, neste dia, está atendendo moradores da Nova Corumbá, Guanã, Guató, Kadweus, e outras localidades da região.

 

“É um alento para estas crianças que, antes, tinham apenas ventiladores para refrescar um pouco a sala. Antes eles não demonstravam vontade, ficavam desesperados para sair das salas. Agora não, querem ficar dentro das salas. Antes, por qualquer motivo, queriam sair, beber água e ficar pelo pátio”, afirmou o diretor Clinton Pinheiro Sales.

 

Segundo o diretor, nesta primeira semana de aula, “o ânimo dos alunos é outro, melhorou. O aproveitamento está melhor”, disse, se referindo justamente ao ambiente climatizado dentro das salas que proporcionou maior conforto para as crianças e professores. E ele já prevê “melhoria no rendimento dos alunos”.

 

Clinton fez um agradecimento ao prefeito e lembrou que “quando você faz o bem, você recebe o bem” e que o chefe do executivo e sua equipe trabalham “pelo bem dos outros. Isto que está sendo feito será lembrado pela comunidade. No nosso tempo, não sonhávamos estudar em uma sala com ar condicionado. Hoje os alunos têm e isto ajuda concentração nos estudos”.

 

E os reflexos já estão sendo sentidos pelos alunos. Três deles estavam na biblioteca, também climatizada, logo nas primeiras horas de manhã deste sábado. Gabriel dos Santos (12 anos), Flávio Vinícius da Conceição Novais (11) e Eleandro Aloísio Gonçalves Miranda (13), todos da 7ª série, confessaram que, estudar no Clio hoje, com ar condicionado, está bem melhor.

 

“A gente tinha ventilador de teto e de parede, mas era calor demais. Agora melhorou bastante. Até casaco a gente leva”, disse Gabriel. “Melhorou muito. Antes era calor, a gente queria sair toda hora. Agora está diferente, bem melhor pra estudar”, completou Eleandro.