Corumbá participa da maior feira de pesca esportiva da América Latina

A cidade de Corumbá está participando no Expo Center Norte, em São Paulo/SP, da FEIPESCA 2016, a maior feira de pesca esportiva do Brasil e da América Latina. O evento foi aberto na quinta-feira, 10, e vai até domingo, e a cidade está sendo representadas por empresários e por membros do Conselho Municipal de Turismo.

 

A FEIPESCA, em quatro dias, está reunindo 120 empresas e destinos de pesca esportiva, que terão a oportunidade de apresentar seus produtos para aproximadamente 40 mil pessoas, movimentando cerca de R$ 42 milhões em negócios.

 

Corumbá, principal destino de pesca esportiva do Pantanal, está representado pelas empresas: LMC Pérola do Pantanal e Kalypso, Hotel Pesqueiro da Odila, Passo do Lontra Park Hotel, Pousada Jund Pesca e o COMTUR/Corumbá.

 

“A FEIPESCA é a nossa maior vitrine, temos a oportunidade de comercializar nossos produtos diretamente com operadores e agência de viagem, além do consumidor final que visita a feira em busca de sua próxima pescaria”, afirmou a empresária Odila Gonçalves, vice-presidente do COMTUR/Corumbá que está participando do evento.

 

Segundo a diretora-presidente da Fundação de Turismo do Pantanal, Hélènemarie Dias Fernandes, a participação de Corumbá em feiras e eventos “possibilita a aproximação e o contato direto dos empresários com novos mercados e compradores, não só nacionais como mundiais. Também, é oportuno para conhecerem as novidades de mercado além de promover e divulgar o destino turístico Corumbá por meio da nossa pesca esportiva”, destacou. 

 

Pesca Esportiva em Corumbá

 

A pesca esportiva registrou crescimento de 1,92% nos últimos dois anos e, segundo o Observatório de Turismo do Pantanal, núcleo de estudos e pesquisas da Fundação de Turismo da Prefeitura de Corumbá, nesta última temporada (2015) foram recebidos 52.045 turistas para essa modalidade.

 

Somente com essa atividade, foram injetados cerca de R$ 101 milhões na economia local. Os cruzeiros fluviais comerciais e de esporte, recreio e lazer (que não possui finalidade comercial) puxaram o crescimento da atividade de pesca no município.

 

A atividade movimenta na temporada de nove meses a economia da cidade de Corumbá, garantindo emprego, direto e indireto, e renda para 990 moradores que trabalham como guias de pesca e prestadores de serviços aos visitantes nas pousadas, hotéis e nos cruzeiros fluviais, comerciais e de esporte, recreio e lazer, exclusivos de pesca esportiva.