Climatização já beneficia 14,6 mil alunos da Rede Municipal em Corumbá

Com a entrega do sistema de climatização da Escola Municipal Djalma de Sampaio Brasil e do Centro de Educação Infantil Serv-Carmo, a Prefeitura de Corumbá está beneficiando 14,6 mil alunos da Rede Municipal de Ensino (Reme), além dos professores, com o projeto Bons Ventos.

 

Na área urbana, todas as escolas mantidas pelo Poder Executivo, por meio da Secretaria de Educação, já estão sendo atendidas e, agora, os trabalhos se voltam para os estabelecimentos de ensino existentes na zona rural.

 

O programa, na área urbana, foi desenvolvido em duas etapas e faz parte de um projeto lançado pelo prefeito Paulo Duarte em 2013, executado com recursos próprios. Vinte e sete estabelecimentos de ensino foram atendidos pela Prefeitura que climatizou um total de 362 salas com instalação de 729 aparelhos, beneficiando 14.672 alunos.

 

Os serviços não se resumiram apenas na instalação dos aparelhos de ar condicionado. Foi necessária intervenção no sistema elétrico dos estabelecimentos de ensino e, em muitos deles, o sistema teve que ser refeito, inclusive com troca de padrão e intervenções na rede pública.

 

As escolas da zona rural também serão atendidas pela Prefeitura. Os serviços já foram iniciados e deverão estar concluídos em breve, beneficiando alunos e professores do Eutrópia Gomes Pedroso, no Assentamento Tamarineiro, onde serão climatizadas 08 salas; Monte Azul, no Taquaral, com 13 salas; Paiolzinho, no Paiolzinho, com 09 salas; Carlos Cárcano, no Urucum, com 07 salas, e Luiz de Albuquerque, no Distrito de Albuquerque, com 09 salas.

 

Investimentos

 

No projeto, incluindo os estabelecimentos da zona rural, a Prefeitura está investindo cerca de R$ 4 milhões aplicados na aquisição dos aparelhos e em serviços na rede elétrica e instalação dos aparelhos.

 

“São recursos próprios da Prefeitura que poderiam ser aplicados em outras obras como pavimentação asfáltica, por exemplo. No entanto, priorizamos investir nas pessoas, nas nossas crianças que são o futuro de Corumbá. Fazendo aquilo que nunca foi feito”, comentou o prefeito corumbaense. “Hoje, Corumbá está com 100% das suas escolas urbanas climatizadas e desafio alguém, no futuro, construir uma escola municipal sem ar condicionado. Todas terão que ser climatizadas”, ressaltou.

 

Somente nesta segunda etapa, a Prefeitura climatizou 146 salas de aula das escolas CAIC Padre Ernesto Sassida e o Centro de Educação Infantil Catarina Anastácio (46 salas e 57 aparelhos de ar condicionado); Djalma de Sampaio Brasil e CEI Serv-Carmo (18 salas e 33 aparelhos); Clio Proença (23 salas e 54 aparelhos); Izabel Corrêa de Oliveira (16 salas e 38 aparelhos); José de Souza Damy (22 salas e 43 aparelhos), e Barão do Rio Branco (20 salas e 36 aparelhos) salas.

 

Na primeira etapa foram climatizados 19 estabelecimentos de ensino. Foram atendidos os centros de educação infantil Estrelinha Verde, Hélia Reis, Valódia Serra, Rosa Josetti, Inocência Cambará, Maria Candelária, Maria Benvinda, Ana Gonçalves do Nascimento e Eunice Ajala Rocha, além das escolas Tilma Fernandes Veiga, Cássio Leite de Barros, Cyríaco Félix de Toledo, Delcidio do Amaral, Pedro Paulo de Medeiros, Rachid Bardauil, Fernando de Barros, Almirante Tamandaré, Ângela Maria Perez e Luiz Feitosa Rodrigues.