Blitz das Flores marca ações em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

O Dia Internacional da Mulher foi marcado pela realização da Blitz das Flores que movimentou a área central de Corumbá nesta terça-feira, 08 de março. O evento fez parte da programação comemorativa à Semana da Mulher que este ano tem como tema a “Autonomia Financeira e Valorização das Mulheres”.

 

A atividade desta manhã reuniu um grande número de pessoas, tanto do Poder Executivo como de parceiros que, desde o domingo, está movimentando a cidade com uma série de realizações para celebrar o Dia Internacional da Mulher, comemorado neste 08 de março.

 

A programação foi aberta no domingo, 06, com uma missa no Santuário de Nossa Senhora Auxiliadora, e está envolvendo toda a administração municipal, sob a coordenação da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, por meio da Gerência de Políticas Públicas para as Mulheres.

 

Enquanto participava da blitz desta manhã, a gerente da pasta, Cristiane Santana, lembrou a importância do tema. Para ela, a mulher em que ter sua autonomia financeira para se libertar. “Por isso estamos levantando essa bandeira, além de lembrarmos da valorização porque sabemos que, hoje em dia, temos muitas mulheres que exercem o mesmo papel que um homem e ganha menos”, ressaltou. “É preciso que a sociedade tenha conhecimento disso para que possamos mudar essa conjuntura que ainda perversamente pune as mulheres, porque além de trabalharem o mesmo que os homens, ainda trabalham em casa”, comentou.

 

Quem também participou da blitz foi a juíza Luiza Figueiredo. Ela lembrou as vitórias das mulheres, dos direitos conquistados, e pediu que todos reflitam sobre os deveres dos homens e do estado, para assegurar essas políticas.

 

“É uma história de luta e ao longo dos anos as mulheres foram ganhando gradativamente seu espaço. Hoje, embora a gente tenha conquistado uma diferença muito grande na área de trabalho, ainda tem mais espaço para ser conquistado”, observou.

 

“Em termos de direitos a gente já alcançou um patamar de igualdade. O importante agora, acredito eu, é a gente voltar os olhos para os deveres. Por isso eu convido todos a pensarem sobre os diretos das mulheres, mas também sobre os deveres dos homens, deveres do estado em assegurar essas políticas para as mulheres”, continuou.

 

No seu entender, a mulher já deixou sua marca de competência e igualdade no mercado de trabalho. Ressalta que “a mulher acaba se desdobrando em vários papéis, que ganhou o mercado de trabalho, mas que não saiu de casa, continua sendo esposa, sendo mãe, gerindo sua casa, seu espaço interior também. Então são vários papeis e isso nos completa como pessoas”, concluiu a juíza.

 

Mabel Sahib Aguilar, secretaria de Assistência Social e Cidadania, destacou que o dia 08 de março é um marco, mas que as mulheres que são mães, que trabalham, que são donas de casa, devem comemorar não só este 08 de março, mas todos os dias.

 

“Hoje o dia começou cedo. Nós estamos tendo várias comemorações, como rodas de conversas para refletirmos qual é o papel da mulher na sociedade, principalmente aqui em Corumbá. É isso que nós estamos fazendo, principalmente na administração do prefeito Paulo Duarte, onde estamos ocupando um grande espaço. Estamos aproveitando a semana para discutir e relembrar todas as lutas das mulheres, porque estamos em busca de igualdade, da autonomia e da participação”, concluiu.

 

A diretora do Instituto da Mulher Negra do Pantanal (IMNEGRA), Edenir de Paulo, lembrou que o dia é de reflexão, de união. “A mulher teve avanços em todas as categorias. Quando falamos das mulheres, falamos em maneira geral, mas principalmente das negras, índias, quilombolas, cada uma dentro da sua área. E nesse 08 de março formamos toda uma composição para sermos parceiras uma das outras”.

 

Programação

 

Além da blitz, ainda n esta terça, às 14 horas, no CRAS de Albuquerque, acontece uma roda de conversa sobre “Ser Mulher”: às 15 horas,, no CRAM, oficina de autoestima e beleza para as mulheres atendidas pelo centro. No mesmo horário, no CRAS III, acontece uma roda de conversa sobre “Conquistas e Direitos”, além da tarde de beleza e expressão corporal.

 

Já na quarta-feira, 09 de março, às 08 horas, no Centro de Saúde da Mulher, café da manhã para as mulheres atendidas pelo centro; às 10, o CRAS Itinerante vai até o Porto da Manga e realiza uma roda de conversa sobre “Toda Mulher traz dentro de si a força para chegar onde quiser” e um dia de beleza.

 

No período da tarde, às 13 horas, no Centro de Convivência da Pessoa Idosa, será realizada uma roda de conversa sobre “ A sexualidade da mulher idosa”. Às 14 horas, no CRAS II, o “II Encontro das Catadoras de Materiais Recicláveis”, e no Centro Boliviano, roda de conversa sobre “O direito de sonhar com os nossos direitos”. Já às 19 horas, no Complexo Poliesportivo, a partir das 19 horas, o “Corumbá Verão Mulher”.

 

Na quinta-feira, 10 de março, às 08 horas, Café da Manhã com Mulheres Empreendedoras. Será na Secretaria de Indústria e Comércio. No mesmo horário na Praça CÉU, uma roda de conversa “Elevando a autoestima das futuras mamães”, acompanhado de um ensaio fotográfico. Já às 08h30, o CRAS Albuquerque leva para o Assentamento Urucum e região de São Domingos, uma roda de conversa “Cuidando bem da Mulher”. Esta mesma atividade acontece no Assentamento Paiolzinho, às 14 horas.

 

Também na quinta, no Centro de Convivência da Pessoa Idosa, 13h30, a atração será o Cine Mulher. O CRAS II realiza no Centro Comunitário do Cravo Vermelho I, uma roda de conversa sobre “Conquistas e Direitos”. Às 17 horas, na UFMS-Campus Pantanal, Unidade III, está marcado um Grupo de Estudos “Mulheres da Fronteira: Educação, violências baseadas no gênero e feminicídio”.

 

Na sexta-feira, 11 de março, às 08h30, no Plenário do Júri do Fórum, será realizado uma Reunião Solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, a cargo do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. No Distrito de Albuquerque, no mesmo horário, acontece um dia de lazer, beleza e orientações para as mulheres.

 

No CRAS II, às 14 horas, show de prêmios em homenagem à mulher, com a realização de um bingo para os moradores do bairro Centro América. Já às 15, visita a Fuphan. E para fechar o dia, a tradicional Seresta das Mulheres, a partir das 20 horas, na Avenida General Rondon esquina com a Rua Antônio Maria.

 

No domingo, dia 13, às 19 horas, culto em homenagem à mulher na Primeira Igreja Batista. Na segunda-feira, 14 de março, às 08h30, acontece a roda de conversa “A mulher e sua especificidade”, no Assentamento Tamarineiro, e às 14 horas, no Assentamento Taquaral.