Parceiros: Prefeitura e Fiems preparam campanha de guerra contra o Aedes aegypti

O prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, e o presidente da Fiems, Sérgio Longen, alinharam, nesta terça-feira, 23, a realização da “Campanha Guerra ao Mosquito Aedes aegypti” no município pantaneiro a partir do próximo dia 14 de março.

 

A iniciativa foi um dos temas tratados no encontro entre os dois no Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande, e será desenvolvida por meio de uma parceria entre a Prefeitura, Fiems e Sesi e Prefeitura, para disseminar informações de conscientização da população de Corumbá sobre as formas de combate ao vetor da dengue, febre chikungunya e zika vírus.

 

O prefeito corumbaense informou que a Prefeitura tem realizando uma intensa ação na cidade, em parceria com parceiros como o Exército, Marinha, Aeronáutica, os professores da Rede Municipal de Ensino, além de empresas que prestam serviço ao Município. Para ele, a Fiems reforça ainda mais os trabalhos na maior cidade pantaneira.

 

“Cada vez mais buscamos pessoas e parcerias que contribuam para o desenvolvimento de Corumbá. A Fiems vem para somar aos esforços que estamos empreendendo na luta contra o Aedes aegypti. Essa parceria vem para agregar às ações que já estamos realizando em toda a cidade, inclusive com o apoio das Forças Armadas”, salientou.

 

E enalteceu também outras realizações. “Além disso, a meu pedido, a Fiems também vai trazer para Corumbá a Ação Cidadania, com atendimentos em diversas áreas como odontologia, oftalmologia, exames de prevenção ao câncer, saúde da mulher, carteira de trabalho, orientações jurídicas, entre outros serviços de cidadania”, declarou.

 

Segundo o Sérgio Longen, é de extrema importância a realização dessa ação em Corumbá da mesma forma que foi em Campo Grande, onde, em 47 dias de campanha, as equipes conseguiram atingir 127.775 domicílios e 7.168 empresas, totalizando 482.443 pessoas.

 

“Espero estender também essa campanha contra o mosquito para Dourados, onde já conversei com o prefeito Murilo Zauith. Nossa intenção é colaborar no combate a esse grande problema que temos hoje no Brasil, que são as doenças dengue, chikungunya e zika vírus. É uma briga de todos”, declarou.

 

Ele acrescenta ainda que a população precisa criar consciência, pois, a partir disso, será possível evoluir no combate ao Aedes aegypti. “As doenças transmitidas por esse mosquito só serão vencidas com a ajuda de todos. Essa é a missão do Sistema Fiems e é dessa forma que nós empresários esperamos colaborar, inclusive, visitando empresas em busca de melhorias na saúde de todos nós”, reforçou.

 

A iniciativa será desenvolvida no período de 14 de março a 14 de abril com uma grande mobilização que contará com uma unidade móvel do Sesi, automóveis, carro de som e 20 agentes de campo, sendo 10 contratados pelo Sistema Fiems e 10 disponibilizados pela Prefeitura de Corumbá, promovendo caminhada com panfletagem, adesivagem de veículos e realização de visitas domiciliares.

 

Dados da Secretaria Municipal de Saúde de Corumbá aponta que, no período de 1º de janeiro a 22 de fevereiro deste ano, foram 238 notificações de dengue, sendo um caso positivo, 13 notificações de zika vírus, sem nenhuma confirmação, e duas notificações de chikungunya, sem nenhuma confirmação. (Com informações da Assessoria de Imprensa da Fiems).