Militares e Agentes de Endemias fazem mutirão contra dengue no sábado

Corumbá e Ladário realizam neste sábado, 13, uma verdadeira operação de guerra contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e do zika vírus. O trabalho contará com a participação de militares da Marinha, do Exército, da Aeronáutica e de servidores das prefeituras das duas cidades pantaneiras.

 

Somente em Corumbá, a operação vai envolver 600 militares e 60 agentes de endemias da Secretaria de Saúde do Município que serão divididos em 86 equipes com cinco militares cada e um agente, para percorrer todos os 37 mil imóveis existentes na cidade.

 

O trabalho faz parte de uma ampla estratégia montada pelo Governo Federal e que conta com a participação dos Ministérios da Saúde, Defesa e Educação. Detalhes da ação foram tratados em um encontro na última quinta-feira, 11, no 6º Distrito Naval de Ladário, com participação de representantes das três forças militares, Marinha, Exército e Aeronáutica, e dos prefeitos de Corumbá e Ladário.

 

A ação começa às 07h30 e todos os militares e agentes de endemias se reúnem às 07 horas deste sábado, no 17º Batalhão de Fronteira, de onde sairão para as visitas domiciliares. Será um trabalho de conscientização junto à população corumbaense. No entanto, se for encontrado imóvel em situação crítica, o agente entra na residência, faz a vistoria e notifica o proprietário, podendo até mesmo autuar, já que está colocando em risco a saúde pública. Militares da Aeronáutica e servidores da Embrapa também vão estar atuando.

 

O trabalho será desenvolvido das 07h30 às 18 horas. As 86 equipes vão fazer um verdadeiro arrastão na área urbana de Corumbá, a partir da Rua Cáceres no sentido fronteira com a Bolívia. Já a região da Cáceres no sentido região leste, incluindo Ladário, a ação será desenvolvida pelos militares da Marinha do Brasil e servidores da prefeitura ladarense.