Bloco Sandálias de Frei Mariano abre o Carnaval Cultura de Corumbá

O Bloco Sandálias de Frei Mariano abriu oficialmente na noite de ontem, 03 de fevereiro, o Carnaval Cultural de Corumbá. Os foliões se concentraram na Rua América e lá começaram a esquentar o clima com o trio que ditou o ritmo pela rua Frei Mariano até ganharem a Passarela do Samba.

 

O prefeito Paulo Duarte participou da abertura e interagiu com os integrantes do bloco e dentre esse participantes, uma presença ilustre: a pequena Heloísa Helena Urt, neta da eterna Helô Urt. “É uma alegria muito grande encontrar essa pequena aqui no bloco que a avó dela criou, isso me dá uma grande alegria, ver que outras gerações podem aproveitar essa grande festa”.

 

O prefeito aproveitou também para conversar com alguns empresários que estiveram no local e confirmar que a cidade está lotada de turistas, que devem movimentar milhões de reais neste período na economia local.

 

“Eu estava falando com alguns empresários aqui na concentração do bloco Sandálias de Frei Marino, que oficialmente abre o Carnaval de Corumbá, e a gente percebe aquilo que a gente tem feito nesses três anos. A extensão desse trabalho mostra a importância que alcançou o Carnaval de Corumbá para economia da nossa região. Muito mais que uma grande festa é uma oportunidade ímpar, nesse momento de crise, para gerar emprego, gerar renda na cidade”, colocou o Paulo Duarte.

 

O prefeito também elogiou a organização e disse que a expectativa por um grande carnaval é enorme. “Tivemos toda uma preocupação na organização. Inclusive eu estive junto com o Governo do Estado nesse ano para aumentar o efetivo para que tenhamos um carnaval tranquilo”, comentou.

 

Para o diretor-presidente da Fundação de Cultura, Joílson da Silva Cruz, a abertura foi uma mostra do que está reservado para os próximos dias. “Estamos começando a folia com bastante alegria, muita animação, muita segurança e com a presença deste povo animado. A expectativa é grande para ver os blocos e as escolas, realizando um carnaval tranquilo e de muita alegria”, afirmou.

 

O bloco desfilou pela Passarela do Samba com a animação que marca o carnaval corumbaense. O turista José Carlos Pereira veio de Piracicaba para curtir a festa e gostou do que viu. “Tenho alguns amigos que vieram no ano passado e sempre me convidam para participar desta maravilhosa festa. Este ano me programei e aqui estou para curtir cada momento desta folia”.

 

Bloco

 

Criado em 2006, o bloco a princípio contava apenas com servidores municipais. Foi uma forma de brincar com uma das lendas mais fortes do Pantanal sul-mato-grossense, as sandálias do Frei Mariano que, acusado de não pagar o relógio da igreja que acabara de construir, em 1887, vingou-se rogando uma praga contra os moradores de Corumbá.