Forças de segurança orientam representantes de blocos e escolas

Servidores da Coordenadoria Municipal de Segurança, Guarda Municipal, Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat), Fundação de Cultura, da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania e do setor de Postura da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, participaram nesta quarta-feira, 20 de janeiro, de uma reunião ampliada com representantes dos blocos e escolas de samba de Corumbá.

 

O encontro reuniu também delegados da Polícia Civil, representantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e integrantes do Conselho Tutelar, que orientaram e explicaram aos participantes todas as medidas que precisam ser cumpridas para o Carnaval Cultural, que começa oficialmente no dia 3 de fevereiro, com o desfile do bloco Sandálias de Frei Mariano. A segurança foi o principal tema da reunião.

 

A proibição da venda de bebidas alcoólicas para menores de idade e as exigências legais para que menores de 18 anos participem da folia foram bastante destacados pelas autoridades, que novamente ressaltaram a importância das entidades respeitarem e seguirem os horários previstos na programação.

 

O bloco independente Chupeta, que desfila na quinta-feira, dia 4, esse ano vai se concentrar na rua Cuiabá, entre a Antonio João e Tiradentes, e desce para a avenida General Rondon até às 22h30. Na sexta-feira, o Cibalena, que arrasta pelo menos 15 mil pessoas para a festa, vai se concentrar na Cuiabá, esquina com a rua Antônio Maria. A descida também está prevista para acontecer até às 22h30.

 

No sábado, o desfile dos blocos oficiais começa às 20 horas, com tolerância de até 15 minutos de atraso. O desfile das escolas de samba, no domingo e na segunda, também começarão no mesmo horário. Outra decisão tomada na reunião foi com relação às crianças perdidas dos pais ou responsáveis. Elas serão conduzidas até a sede do Corumbaense, onde será montada o centro de triagem, e serão liberadas após os responsáveis assumirem suas responsabilidade cabíveis.