Prefeitura investe quase R$ 500 mil em recursos próprios no Moinho e Asilo São José

O prefeito Paulo Duarte formalizou nesta segunda-feira, 14 de dezembro, o repasse de quase R$ 500 mil em recursos próprios da Prefeitura para o Moinho Cultural Sul-Americano e o Asilo São José. Os convênios vão garantir a continuidade e o bom funcionamento das duas instituições, fundamentais para a cidade.

 

“Além de garantir as ações desenvolvidas em 2015, esse apoio nos permite sonhar e começar os trabalhos de 2016”, afirmou a coordenadora de projetos do Moinho, Mônica Macedo. Segundo ela, a parceria da Prefeitura foi fundamental para que o projeto continuasse atendendo as crianças e jovens de Corumbá, Ladário e da região de fronteira com a Bolívia.

 

“Com muita alegria, agradecemos ao prefeito Paulo Duarte, aos integrantes do Fundo Municipal de Investimento Social (FMIS) e especialmente aos nossos professores, que trabalharam como voluntários até a assinatura desse importante convênio e confiaram que tudo daria certo, como está dando”, complementou Mônica.

 

O repasse da Prefeitura foi de R$ 250.936,40, recursos que asseguram a aquisição de materiais de consumo e a contratação de profissionais para a execução do trabalho do projeto Sinfonia em Música e Dança, uma das principais atividades do local, que funciona no Porto Geral há 10 anos.

 

A vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente, Marcia Rolon, a secretária municipal de Educação, Roseane Limoeiro, o secretário municipal de Indústria e Comércio, Pedro Paulo Marinho de Barros, e o gestor do Moinho Cultural, José Roberto Santos Junior, também participaram do evento.

 

Para o Asilo São José, que atualmente atende mais de 90 idosos, o repasse foi de R$ 225.549,62, dinheiro que será utilizado para a compra de materiais de consumo e procedimentos diários, fraldões geriátricos, uma lavadora industrial, uma centrífuga e ainda cadeiras de rodas.

 

“Prefeito, você tem feito muito por nós. Passamos um ano maravilhoso, onde nada nos faltou”, agradeceu a presidente da Liga das Senhoras Católicas, Cerise Delfina Campos de Barros, que complementou: “muito obrigado por esse apoio da Prefeitura, do FMIS. Isso nos dá muita satisfação. Precisamos muito de tudo isso que está aqui”.

Prefeito assina convênio com o Asilo São José

A responsável pelo Asilo destacou também a presença ativa da Prefeitura no cotidiano da instituição. “Essa colaboração é um ato de amor, de presença. Trabalhamos para oferecer um lugar onde todas essas pessoas possam ter um final dos tempos sem preocupações, com médico, fisioterapeuta, uma cama confortável para dormir e todas as refeições no horário certo”.

 

A vereadora Cristina Lanza representou a Câmara de Corumbá na assinatura do convênio, realizada no próprio Asilo. O chefe de gabinete e integrante do FMIS, Lamartine de Figueiredo Costa, também participou do evento.

 

Trabalho e planejamento

 

Segundo o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, esses investimentos só foram possíveis graças ao trabalho sério, austero, e de muito planejamento de toda equipe da Prefeitura. “Acredito muito no poder da transformação da arte, da cultura e do auxílio ao próximo”, ressaltou o chefe do Executivo municipal.

 

“Vivemos talvez um dos períodos mais difíceis do País, não só pela crise econômica, mas também por conta da crise política. Apesar disso, estamos conseguindo investir os recursos públicos em ações que realmente impactam a vida das pessoas, principalmente das que mais precisam do trabalho do Poder Público”, complementou Duarte.

 

“Neste ano, o Moinho Cultural correu o risco de ter suas atividades diminuídas e, em certo período, até suspensas. Somamos esforços e conseguimos dar continuidade a esse projeto tão importante para a cidade. E vamos continuar juntos e misturados. É uma enorme satisfação ver esse projeto funcionando”, afirmou o prefeito.

 

Paulo Duarte também garantiu a continuidade da parceria entre a Prefeitura e o Asilo São José. “Vamos continuar com esse olhar diferenciado para essa instituição. Em um ano de tanto dificuldades, ouvir a coordenadora do local afirmar que não faltou nada aqui, é muito gratificante e revigorante”.

 

“Reconhecemos que essas pessoas têm uma história marcante com a cidade e que hoje precisam viver com respeito e dignidade, como sabemos que encontram aqui no Asilo”, finalizou o prefeito de Corumbá.