Prefeitura investe na saúde para melhor atender a população corumbaense

A Prefeitura Municipal de Corumbá continua investindo na saúde com recursos próprios. Desta vez, os valores ultrapassaram 1 milhão e 200 mil reais que serão empregados na reforma e readequação do Centro de Saúde da Ladeira e na reforma e ampliação da Casa de Acolhimento Transitório para Usuários de Drogas em Tratamento no SUS.

 

Mais antigo da cidade, o Centro de Saúde da Ladeira foi reformado pela última vez no ano de 2001. O local concentra vários serviços à população e por isso recebeu atenção especial da Administração Municipal. As obras contemplarão: adequação da unidade aos padrões previstos nas normas da ANVISA; troca geral das instalações elétricas tais como: cabos, tomadas, luminárias e pontos de internet e telefone; troca geral das instalações hidrossanitárias tais como tubos, louças, torneiras, pias, lavatórios entre outros; revisão da cobertura com reposição de madeiramento e troca de telhas; recomposição e adequação dos pisos; restauração das fachadas preservando as origens históricas; implantação de acessibilidade; execução de instalações contra incêndio e pânico; e pintura geral.

“É um sinal de respeito porque não adianta fazer apenas a reforma, tem que ter o trabalho com a equipe motivada. Estou fazendo o possível e o impossível para motivá-los. Antes de tudo, é respeito por quem trabalha nessa unidade. É oferecer condições dignas de trabalho e a população ser recebida também com dignidade”, afirmou o prefeito Paulo Duarte.

 

Durante a reforma que deve começar na próxima semana, os serviços oferecidos no Centro de Saúde da Ladeira serão transferidos para outras unidades do município até à conclusão das obras que devem ocorrer num prazo de seis meses. Atualmente, o Centro de Saúde da Ladeira contempla: Programa de Tuberculose e Hanseníase; Programa de Prevenção do Tabagismo; Vacinação; Coordenação de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis (DANTs); Núcleo de Prevenção à Violência e Acidente; Coordenação de Vigilância Epidemiológica; e Atendimento de consultas com Clínico Geral e Especializados tais como psiquiatria, gastroenterologia, nefrologia, dermatologista, psicologia e fonoaudiologia.

 

A secretária municipal de Saúde, Dinaci Ranzi, destacou que os investimentos que a Prefeitura vem fazendo na área de atendimento psicossocial transformaram Corumbá em referência dentro de Mato Grosso do Sul. Com a ampliação e reforma da Casa de Acolhimento Transitório, o espaço construído passará de 394 para 652 metros quadrados com as seguintes estruturas: sala de atividades, vestiários, sala de convivência, 6 quartos, sanitários com acessibilidade, salas de administração, copa, cozinha, refeitório, dispensa, lavanderia, garagem e quadra poliesportiva coberta.

 

“Para gente é um momento muito importante porque cada conquista é fundamental. Nesses três anos, fizemos muito, mas também ainda há muito por fazer. Estou deixando de realizar coisas que, talvez, tivessem visibilidade maior na área pessoal para fazer outras importantes para a cidade sem demagogia e hipocrisia”, disse Paulo Duarte ao afirmar que com uma gestão responsável vem conseguindo executar os compromissos do Executivo com o funcionalismo público e ainda assim investir na cidade.

 

A Casa de Acolhimento Transitório ou como também é conhecido CAT é destinada aos usuários de crack e outras drogas em situação de vulnerabilidade social e risco ou excluídos do convívio familiar. Tem a função de abrigamento temporário, acolhimento e proteção social, num espaço de saúde, no contexto de um Projeto Terapêutico Individualizado em parceria com Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e com a atenção básica bem como demais setores, não menos importante, como é o caso da Assistência Social, Direitos Humanos, Justiça, Educação, Segurança Pública, Habitação e outros.

 

Além dos usuários dos serviços de saúde, participaram do momento quando o prefeito assinou as ordens de serviço das obras, na manhã desta quinta-feira, 03 de dezembro, o presidente da Câmara Municipal de Corumbá, vereador Tadeu Vieira; e o vereador Yussef Mohamad El Salla; a vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente do Pantanal, Márcia Rolon; e a secretária de Assistência Social e Cidadania, Mabel Sahib Aguilar.