Peça patrocinada pelo FIC/Pantanal será encenada domingo no Porto Geral

Através do projeto “Saúde em Cena”, incentivado pelo Fundo de Investimentos Culturais do Pantanal – FIC/Pantanal, a Cia de Teatro Maria Mole e a Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação de Cultura e do Conselho Municipal de Cultura, com apoio das Secretarias de Educação e Saúde e do Posto de Saúde João de Brito, apresentam o espetáculo de rua “A Chegada de Marculino no Purgatório”.

 

A apresentação teatral está marcada para acontecer no domingo, 20 de dezembro, a partir das 18h30, no Porto Geral de Corumbá, e narra as aventuras de um homem pobre, humilde, feio, porém namorador, que só depois da morte descobriu ter sido contaminado com o vírus HIV, sem ao menos saber do que se trata.

 

A peça demonstra de forma divertida e lúdica a luta pela paz de espírito de Marculino em um julgamento no purgatório entre os advogados do céu e do inferno, enquanto ele aprende a importância do uso de preservativos e a se proteger das doenças sexualmente transmissíveis.

 

A direção da peça é de Dílson Militino com a produção de Leonardo de Castro. Os figurinos são de Melo Produções. No elenco, Carol Mendes, Dilson Militino, Josiane Neto, Leonardo de Castro. A dramaturgia é de Orlângelo Leal, com adaptações da Cia de Teatro Maria Mole que também assina a realização do espetáculo.

 

O mês de dezembro foi escolhido para a apresentação porque o dia 1º é considerado Dia Mundial de Luta Contra a AIDS desde 1987 quando foi instituído pela Assembléia Mundial de Saúde com apoio da Organização das Nações Unidas – ONU. A data serve para reforçar a solidariedade, a tolerância, a compaixão e a compreensão com as pessoas infectadas pelo HIV/Aids.

 

O preconceito e a discriminação contra as pessoas vivendo com HIV/Aids são as maiores barreiras no combate à epidemia, ao adequado apoio, à assistência e ao tratamento da Aids e ao seu diagnóstico. O principal objetivo é prevenir, reduzir e eliminar o preconceito e a discriminação associados à Aids.