Parque de Piraputangas terá nova sede no primeiro semestre de 2016

Ainda no primeiro semestre de 2016, Corumbá deve ganhar um importante instrumento na luta pela conservação ambiental, pois o prefeito Paulo Duarte assinou ordem de serviço que autoriza a construção de sede no Parque Municipal de Piraputangas, localizada na região de Maria Coelho.

 

O ato aconteceu no gabinete do chefe do Executivo na manhã desta quinta-feira, 17 de dezembro, na presença da vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente do Pantanal, Márcia Rolon, membros do Conselho Municipal de Meio Ambiente e pesquisadores.

 

O projeto prevê uma sede com 177,17m² onde, hoje, há apenas ruínas do que um dia serviu ao propósito de ser um espaço de apoio à unidade de conservação que foi criada pelo Decreto nº 078 de 22.05.2003, baseado na Lei 9.985 de 18 de Julho de 2000, que institui o sistema Nacional de Unidades de Conservação – SNUC.

 

 

A sede servirá como casa de apoio e de educação ambiental para a visitação da população corumbaense e os turistas que visitam nossa cidade, permitindo o lazer em contato direto com a natureza através de trilhas e práticas esportivas, e ainda, apoio a pesquisadores, já que contará com um laboratório para armazenamento e manipulação de amostras científicas coletadas em campo, bem como casa para pernoite.

 

 “A sede será de extrema importância porque vai abrigar um laboratório podendo assim abrigar também pesquisadores. Para que as crianças possam ir in loco ver o que está acontecendo ali”, comentou Márcia Rolon ao destacar que estudos apontam que o parque abriga 94 espécies entre flora e fauna, com destaque para 39 plantas, 25 mamíferos e 13 répteis, numa área de aproximadamente cerca de 1.300 hectares.

 

Além do laboratório, a sede terá um receptivo, uma sala multiuso, 02 sanitários sendo 01 feminino e 01 masculino, 01 suíte para o guarda-parque, 01 depósito, 01 copa cozinha, 01 quarto coletivo e uma área de serviço.

 

ParqueOrdem de serviço foi assinada na manhã de hoje (Foto: Clóvis Neto)

 

Protagonismo ambiental


O prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, destacou ações que o município vem desenvolvendo com vistas à conservação e observou que não é possível corrigir danos do passado, porém necessário e exeqüível agir no presente.

 

“A gente quer evitar que aconteça o que já aconteceu com o córrego Urucum, que hoje é um córrego que só existe porque por determinação judicial faz a água do subsolo ser jogada no leito”, disse ao citar o triste exemplo do córrego também situado na região de Maria Coelho e que foi sendo degradado devido a forte atuação da atividade mineradora.

 

Paulo Duarte lembrou ainda que a presença da Prefeitura também se fará presente em outros locais importantes para a causa conservacionista como é o caso da Cacimba da Saúde que, segundo ele, já está sendo preparado para a ocupação. “Ocupar os espaços buscando preservá-los”, disse o prefeito ao ressaltar o que considera ser importante para a boa condução desse processo conservacionista: o protagonismo ambiental.

 

Presente ao ato, a pesquisadora da Embrapa Pantanal, Emiko Kawakami Resende, lembrou da importância do Parque informando que há muitas espécies encontradas apenas naquela região e que, o viés da pesquisa, pode auxiliar a atividade turística com a elaboração de trilhas ecológicas e demais atividades que aliam lazer ao conhecimento.

 

Investimentos


A obra será executada com recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente através de Compensação de Licenciamento Ambiental da MCR/VALE no valor de R$ 310.000,00 (trezentos e dez mil reais), R$ 90.000,00 (noventa mil) da Empresa MMX, e 19.435,60 (dezenove mil quatrocentos e trinta e cinco reais e sessenta centavos) com recursos próprios, totalizando R$ 419.435,06.

 

O prefeito também anunciou que estão sendo finalizados os trâmites administrativos para a licitação do cercamento do Parque, abrangendo um perímetro total de 17.254,72 (dezessete mil duzentos e cinquenta e quatro e setenta e dois metros), como compensação ambiental da Empresa MMX no valor de R$ 144.283,58 (cento e quarenta e quatro mil duzentos e oitenta e três reais e cinquenta e oito centavos).