Comunidade escolar e moradores comemoram conclusão de quadra no Cristo

Uma grande festa marcou a entrega do Ginásio Poliesportivo do bairro Cristo Redentor, realizada na noite dessa quinta-feira, 17 de dezembro. A comemoração começou com a apresentação especial do DJ Érick Magalhães, aluno do 7º ano da Escola José de Souza Damy. “Quero muito agradecer o presente que o prefeito Paulo Duarte nos deu hoje”, afirmou o jovem.

 

“Estava preocupado em vir aqui na frente e falar. Mandaram eu vir e falar com o coração. E isso que estou fazendo. Essa quadra vai ser muito boa para todos nós. Agora vamos poder treinar protegidos do sol e da chuva”, completou o estudante. “A escola acolheu meu filho com muito amor e sou muito grata por isso”, comentou Márcia dos Santos Magalhães, mãe de Erick.

 

“Meu filho tem autismo e aqui vive uma vida completa, como qualquer criança da idade dele. E essa quadra vai melhorar ainda essa inclusão. Agora todos os alunos vão usar esse espaço bonito e completo para treinar, sem precisar mais enfrentar a distância, a chuva e o sol”, reforçou Márcia, que há 18 anos mora no Cristo Redentor.

 

O operário Oscar Silva Ramos vive no bairro há 22 anos e trabalhou na conclusão do ginásio, obra executada pela Prefeitura de Corumbá em parceria com o Governo Federal. “Me sinto muito honrado e lisonjeado por ter feito alguma coisa em favor do bairro. Isso é uma grande conquista pra gente que mora aqui”, destacou o munícipe.

 

Diretora da Escola Municipal José de Souza Damy, Marcia Ivana do Amaral não segurou as lágrimas durante a inauguração. “São emoções contidas há 7 anos, quando essa obra começou. Nossa equipe vinha aguardando a realização desse sonho há muito tempo. Agora ele é uma realidade”, comentou.

 

Também presente no ato, o presidente do bairro Cristo Redentor, Jocimar Campos, agradeceu em nome da toda a comunidade e convocou os moradores a zelarem pelo espaço. “Estamos muito felizes por esse presente que o prefeito nos deu hoje, nessa época de Natal. A gente esperava por isso há muito tempo”, concluiu.