Prefeitura realiza 1ª Mostra Pedagógica das Escolas de Educação Integral

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, realizou nessa terça-feira, 24, no auditório do SESC, a 1ª Mostra Pedagógica das Escolas de Educação Integral da REME, que reuniu seis unidades de ensino, sendo três da zona urbana, duas da zona rural e uma escola da região das águas.

 

Participaram as escolas municipais experimental de educação integral Luiz Feitosa Rodrigues; Rachid Bardauil; Tilma Fernandes Veiga e Centro de Educação Infantil Valódia Serra; Eutrópia Gomes Pedroso; Monte Azul e Polo Porto Esperança, que realizaram apresentações culturais e expuseram os trabalhos realizados durante o ano através de fotos, banners e vídeos.

 

A secretaria de Educação, Roseane Limoeiro, lembrou que essa primeira mostra tem o objetivo de compartilhar as experiências e práticas pedagógicas bem sucedidas, vividas pelos professores das seis escolas de Educação Integral da Rede Municipal de Ensino.

 

“Desde 2012, quando foram implantadas, já conseguimos dobrar o número de escolas em tempo integral em Corumbá. Hoje pudemos ver o amadurecimento delas, pois desde o começo cada uma teve liberdade para escolher as suas diretrizes de acordo com a realidade que cada região vive”, explicou Roseane.

 

Ainda segundo a secretaria de Educação, as escolas de educação integral têm como missão contribuir para a qualidade social da educação, visando não só a permanência do aluno, mas a regularização do fluxo escolar, reduzindo e eliminando a distorção da defasagem idade e série, combate à evasão e reprovação.

 

“Levando em consideração o objetivo social, que é o de acolher as crianças para que não fiquem nas ruas, expostas a violências, elevando a sua autoestima e desenvolvendo seus talentos e valores a partir da incorporação da educação em valores e atividade culturais, esportivas e de lazer, no cotidiano das escolas”, reforçou Roseane.

 

As escolas de educação integral tem um horário diferenciado de funcionamento, das 7h às 15h, totalizando 08 horas aulas diárias. A matriz curricular é inovadora, pois é levado em conta as necessidades das crianças e jovens da comunidade na qual a escola está inserida.

 

Além da Base Nacional Comum, prevista na LDB, ela contempla ainda a Base Diversificada, composta por disciplinas relacionadas ao desenvolvimento social, saúde, esporte, cultura e as novas tecnologias, permitindo aos alunos o desenvolvimento de sua autonomia.

 

Com isso, as escolas desenvolvem as disciplinas de Estudo Dirigido, Tutoria, Formação Cidadã, Arte Circense, Robótica, Língua Estrangeira, entre outras. Também são oferecidas três refeições para os alunos e professores das escolas de educação integral, as quais seguem um cardápio elaborado por nutricionistas, primando por uma alimentação saudável.

 

As escolas de educação integral oferecem vários espaços de aprendizagem aos alunos, tais como biblioteca, refeitório, sala de tecnologias, quadra esportiva que são utilizados diariamente pelos professores, durante as aulas e também nas oficinas realizadas no período do almoço. As oficinas integram alunos de diferentes turmas e permitem a realização de atividades diferenciadas de cultura, esporte e lazer.