Dia Nacional da Juventude encerra calendário de eventos católicos

Neste domingo, 22 de novembro, o Setor Juventude da Diocese de Corumbá encerrou o calendário de eventos do ano com a realização do Dia Nacional da Juventude e contou com a presença do prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, que conversou com os jovens de 13 grupos das diversas comunidades da cidade.

 

Assim como os demais eventos do calendário da juventude católico, a exemplo do Aleluia Fest, da encenação da Paixão de Cristo e da Festa Julina, o Dia Nacional da Juventude tem o apoio da Prefeitura Municipal de Corumbá, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania em sua Gerência de Políticas Públicas para a Juventude.

 

“Tudo é providência, nada é coincidência, essa parceria é providencial. Onde a Prefeitura não vai a igreja vai, onde a igreja não vai a Prefeitura vai, então juntos vamos além. Essa parceira é mais do que gratificante porque não envolve apenas a área urbana, envolve os jovens do distrito de Albuquerque, de Ladário e da Bolívia. É uma parceria bem louvável porque não vê limites de jovens para poder trabalhar”, avaliou coordenador do Setor Juventude da Diocese de Corumbá, Roger Jefferson Alejandro Lara Gomes Dias.

 

Ainda sobre a parceria citada, o gerente de Políticas Públicas para a Juventude, Jonathan França, destacou o olhar que a gestão do prefeito Paulo Duarte tem pelo jovem privilegiando movimentos que, antes, não contavam com apoio do Poder Público como é o caso do Setor Juventude da Diocese.

 

“Essa integração nunca foi tão forte com os jovens católicos que atuam não apenas na parte da evangelização, mas no social. Sabemos da importância que possuem na formação e na parte social em todo o município. Hoje, eles têm a nossa Gerência como referência para suas atividades e isso nos deixa bastante felizes”, comentou.

 

O Dia Nacional da Juventude, em Corumbá, foi marcado por diversas atividades, entre elas, gincana, dinâmicas de grupo e palestras, das quais o prefeito Paulo Duarte preferiu andar por entre os jovens e num papo franco falou sobre suas experiências como aluno salesiano e fez um pedido aos jovens.

 

“O que está acontecendo no mundo é uma epidemia em relação às drogas. Não estou dando conselho porque cada um vai viver sua vida, porém tem coisas que vão dar errado. Se tem uma coisa que é certeza que vai dar errado é droga. Eu não conheço ninguém que se deu bem. Vocês terão a experiência de vocês, suas alegras e decepções, mas algumas coisas nem precisam de experiência”, disse Duarte que lamentou as conseqüências do consumo dessas substâncias.

 

“Vi pessoas com talento, que podiam ser importantes na vida da cidade, do Estado, perambulando no meio da rua. Tentem falar isso para as pessoas, é importante que a gente dissemine, espalhe porque hoje é um grande desagregador de famílias”, pediu.

 

“Se vocês ajudarem as pessoas a não irem pelo caminho da droga, essa já é uma grande vitória e a primeira da vida de vocês. O restante das experiências vocês vão ter: vão errar, sonhar, realizar esses sonhos e buscar outros, porém pensem com a cabeça de vocês, o mais importante é formar esse consciência do que é correto do que não é”, falou.

 

Também presente ao evento, a vereadora Cristina Lanza (PT) que dirigiu palavras aos jovens, destacando como a devoção e a fé ajudam a formar cidadãos comprometidos com seus semelhantes como prega a conduta cristã.

 

Para os jovens interessados em participar de algum grupo, a orientação é buscar alguma das oito paróquias da cidade para orientações mais detalhadas.