Crianças do Monte Azul e Eutrópia dominam Corrida de Trilha no Extreminho

As provas do Extreminho foram abertas na manhã desta sexta-feira, 13, com a Corrida de Trilha que foi amplamente dominada pelas crianças das escolas rurais Monte Azul, do Taquaral, e Eutrópia Gomes Pedroso, do Tamarineiro, que conquistaram os dois primeiros lugares no masculino e feminino.

 

A Corrida de Trilha foi disputada no Parque Marina Gattass com um percurso de dois quilômetros, passando pela área da Polícia Militar Ambiental e também em um trecho localizado entre o parque e a divisa da Bolívia, às margens da Baia do Tamengo.

 

A competição contou com a participação de 142 crianças, alunos e alunas das escolas da Rede Municipal de Ensino com idade entre 11 e 14 anos. A prova foi dividida em duas etapas e foi aberta pelas alunas. A primeira a cumprir o percurso foi Rebeca Gomes Flores, 12 anos, estudante da 7ª série da Escola Eutrópia Gomes Pedroso. O segundo lugar foi conquistado por Kely Bianca, da Escola Monte Azul; Nicole Arantes em terceiro, Tainara Rocha em quarto, e Josiane Silva Souza em quinto, todas da Escola José de Souza Damy.

 

Já a prova masculina foi vencida por Ednaldo Galdino de Oliveira, 14 anos, aluno da 7ª série da Escola Monte Azul. O segundo colocado foi Fábio Silva, da Escola Eutrópia Gomes Pedroso; terceiro, Rodrigo Soares dos Santos Alves, do Damy; quarto, Idivan Proença Simão, do Damy, e em quinto, Samuel Machado, do Monte Azul.

 

ExtreminhoRebeca conquistou o primeiro lugar no feminino (Foto: Marcos Boaventura)

 

Confiante, Rebeca afirmou no final da prova, que já esperava a vitória. “Nos temos uma trilha lá (assentamento) onde a gente treina. Antes de vir participar do Extreminho, tivemos uma competição e fiquei em primeiro, ganhando da Kely, que estuda no Monte Azul”, revelou. “Aqui, quando estava na parte da Polícia Ambiental, estava sem sexto lugar e fui passando as que estavam na frente. Já próximo à Baia, passei a Kely e mantive o primeiro lugar. Foi uma prova difícil, principalmente na parte das subidas e da escadaria”, completou.

 

Ednaldo, campeão no masculino, também estava confiante na vitória. “Estou feliz por ter chegado em primeiro, mas ficaria feliz também  se não fosse campeão”, disso, enfatizando que participar da prova já foi um satisfação. O aluno da Escola Monte Azul explicou que ele foi um dos escolhidos pelo professor para participar da prova, após vencer uma competição na trilha que existe no assentamento, com a participação de alunos da Eutrópia. Revelou que o segredo da vitória é justamente esta trilha “onde o professor leva a gente para treinar”.

 

extreminho

Ednaldo venceu masculino e recebeu troféu das mãos do prefeito Paulo Duarte (Foto:Marcos Boaventura)


Esta primeira prova do Extreminho, jogos de aventura que acontece junto com o Pantanal Extremo, serviu para unir ainda mais três amigos que estudam na Escola Rachid Bardauil: Esterfesson Junior, Pedro Henrique Souza de Lucas e Andrey Siqueira Alves, todos de 11 anos. Eles largaram juntos e cumpriram o trajeto até o final, cruzando a linha de chegada de mãos dadas. E Esterfesson estava feliz: “entrei na vaga de um outro aluno porque a mãe dele falou que era muito perigoso”, disse.

 

A premiação aconteceu logo após o encerramento da prova masculino. Os cinco primeiros, além das medalhas entregues a todos os participantes, receberam troféus das mãos do prefeito Paulo Duarte; dos vereadores Tadeu Vieira e João Lucas; da secretária de Educação, Roseane Limoeiro, e do diretor-presidente da Funec, Elvécio Zequetto.

extreminhoAtletas do Rachid Bardauil correram juntos e cruzaram linha de chegada de mãos dadas (Foto: Marcos Boaventura)