Concessionária será multada por poda irregular de árvores em área tombada

A Fundação de Meio Ambiente de Corumbá vai multar a Energisa pela poda irregular de árvores na ladeira José Bonifácio, área tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artistico Nacional (IPHAN). O corte das árvores foi feito de forma equivocada e colocou em risco os imóveis localizados na região.

 

“A empresa não comunicou a Prefeitura desse serviço, que deve, por Lei, ser acompanhado por um biólogo, o que também não ocorreu aqui”, explicou a vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente, Marcia Rolon, ressaltando ainda que a poda radical também prejudica o desenvolvimento e a conservação natural da planta.

 

“Essa é uma área tombada pelo Governo Federal e todas essas árvores compõe esse cenário histórico, mas a concessionária se preocupou apenas em livrar a rede de energia dos galhos e das folhas, sem nenhum cuidado com o meio ambiente”, afirmou Marcia.

 

Com base na Lei 9605, a empresa também pode ser multada por crime ambiental. Persistindo a infração, a Fundação pode até apreender os equipamentos utilizados no serviço. “Outra situação são os galhos deixados na rua Colombo, na quadra da Santa Casa. Aquele material está ali a dias”, observou a vice-prefeita. A Energisa também será notificada sobre esse fato.