Feapan é importante para produtores e economia de Corumbá, afirma prefeito

O prefeito Paulo Duarte participou na noite dessa quinta-feira, 29 de outubro, da abertura da Feira Agropecuária do Pantanal (Feapan), onde destacou a importância do evento para toda a região. “A feira é necessária para os produtores do município e do Estado, assim como é para a economia de Corumbá, por isso a Prefeitura é parceira do Sindicato Rural”, afirmou.

 

Lembrando do assoreamento do Rio Taquari, que há 30 anos segue sem solução, Duarte também ressaltou a importância dos pecuaristas para a preservação do Pantanal. “Hoje o nosso Pantanal é conservador por causa do homem pantaneiro, que durante o passar dos anos ainda consegue produzir sem maltratar a natureza”.

 

“Nunca vamos deixar de trabalhar pela recuperação do Taquari, que já está invadindo a região da Nhecolândia e ameaçando inundar outros milhares de hectares de postagens”, comentou o presidente do Sindicato Rural de Corumbá, Luciano Leite, que ainda agradeceu a apoio da Prefeitura e dos outros parceiros para a realização da Feapan.

 

“O Sindicato tem uma presença e uma atuação históricas em Corumbá. Prova disso é a Feapan, que se consolida a cada ano que passa”, afirmou o vereador Luciano Costa, que representou a Câmara de Vereadores na abertura. O presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado (Famasul), Mauricio Saito, também participou do evento.

 

“Precisamos cada vez mais da participação de todos os produtores e também dessa parceria aqui acontece aqui em Corumbá, entre o Poder Público e o sindicato”, pontuou. Após a solenidade, foi realizado um leilão de gado de corte, com mil animais procedentes do Paiaguás e conduzidos em comitiva por oito dias até Corumbá.

 

O maior evento do agronegócio da região segue até domingo com comercialização de bovinos e equinos, cursos, palestras, provas com o cavalo pantaneiro e shows musicais. A Feapan deve reunir em três leilões cerca de cinco mil bovinos, entre animais de cria e recria e de reprodução, sendo dois no tatersal do Parque de Exposição Belmiro Maciel de Barros e um terceiro na Fazenda Novo Horizonte, da Leiloboi, localizada na sub-região pantaneira da Nhecolândia (leste de Corumbá). O leilão de elite do cavalo pantaneiro, no sábado, com 100 animais, também reunirá tropas de serviço.

 

Programação

 

O primeiro dia da feira teve o leilão de gado de corte e show aberto ao público do grupo Eco do Pantanal. Nesta sexta-feira, 30, acontecerá o tradicional leilão de touros nelore da Fazenda Esperança e convidados, com mais de 300 animais de alto padrão, seguido do show (gratuito) da dupla Bruno Reis e Marco Viola.

 

No sábado, a partir das 12h, será realizado o leilão de gado de cria e recria na Fazenda Novo Horizonte, com mais de três mil animais, e no domingo, o aguardado pregão do cavalo pantaneiro, no tatersal do Parque Belmiro Maciel de Barros. A grande atração do sábado terá o show pago com o cantor Lucas Lucco. Fechando a programação, no domingo os portões do parque serão abertos para o show da dupla Alex e Yvan, às 23h.