Certificação do SIM garante alimento de qualidade na mesa do corumbaense

O Serviço de Inspeção Municipal (SIM) já está efetivamente implantado em Corumbá. Na noite de terça-feira, 06, o prefeito Paulo Duarte participou de um ato que marcou a certificação dos dois primeiros empresários corumbaenses que trabalham com produtos alimentícios de origem animal, Télcio Imada Leal, do Imada Carnes, e Rodrigo Múcio, do Embutidos Pantaneiros.

 

“É um ato simbólico, mas de grande importância para a nossa cidade. O Imada e o Rodrigo foram os primeiros a receber a certificação. Eles ganham com isto e o consumidor também, pois vai ter em sua mesa, produtos alimentícios de qualidade, com procedência”, disse Duarte que havia acabado de chegar de Campo Grande, onde cumpriu agendas importantes, como com a Cassems, em relação à construção do hospital da instituição na cidade.

 

O prefeito elogiou os dois empresários pela adesão ao SIM. “São pessoas que pensam lá na frente, estão investindo na cidade e nós temos que prestigiar, valorizar o trabalho de pessoas como estes dois e outros que já estão buscando a Secretaria de Produção Rural, para também fazer parte desse programa”, destacou.

 

Para ele, está sendo cumprida mais uma etapa de uma proposta que é o fortalecimento do comércio local. Paulo elogiou também a equipe da Produção Rural que, apesar de pequena, tem desempenhado suas funções, buscando adesão dos empresários locais ao SIM.

 

O secretário Pedro Lacerda, presente ao ato, observou que, para aderir ao SIM, não é fácil. “São muitas exigências que precisam ser cumpridas pelos empresários. Hoje, os dois primeiros estão recebendo a certificação e outros virão, já estão iniciando o processo. O importante de tudo isso é que estamos tendo produtos de qualidade e os empresários estão aptos para vender seus produtos para fora, para outras cidades do estado, inclusive”, celebrou.

 

SIMImada com seus produtos e a equipe do SIM (Foto: Renê Marcio carneiro)

 

O SIM

 

Para chegar ao estágio atual, a equipe da Produção Rural iniciou em outubro do ano passado, uma intensa ação na cidade, buscando orientar e esclarecer aos comerciantes que trabalham com produtos alimentícios de origem animal. Mais de 30 estabelecimentos foram visitados, como forma de mostrar aos empresários, a importância da adesão ao SIM.

 

O SIM foi regulamentado pelo prefeito Paulo Duarte por meio do Decreto 1.203, de junho de 2013, e está subordinado à Secretaria de Produção Rural. Por meio dele, o Município vai poder realizar serviços de inspeção industrial e sanitária dos produtos de origem animal, comestíveis e não comestíveis, adicionados ou não de produtos vegetais, preparados, transformados, manipulados, fracionados, recebidos, acondicionados, depositados e em trânsito no município.

 

Télcio Imada revelou que desde o ano passado estava buscando certificar sua empresa, a Imada Carnes, no SIM. “Isso vai agregar valor ao produto que a gente comercializa aqui. Temos cortes especiais, entre outros, e o selo garante à população, a compra de um produto de qualidade”, destacou.

 

Além dos cortes especiais, ele trabalha com embutidos. São linguiças artesanais, rocambole de carne, almôndegas, quibe, espetinhos, carnes temperadas, bife role, entre outras especialidades. Os cortes que chamam a atenção são o T Bone, Prime Rib, Entrecorte, Olho Bife, Baby Beef, Steak Nobre, Steak Açougueiro, Medalhão, Filé Chateaubriand. Tem também outras especialidades, entre elas, da culinária japonesa como o Sushi e o Sashimi. Está no ramo há quatro anos e hoje emprega 10 pessoas.

 

Rodrigo Múcio, da Embutidos Pantaneiro, abriu sua empesa há um ano e, desde então, buscou adesão ao SIM. “Neste período, trabalhei apenas na parte alta da cidade, oferecendo meu produto lá. Agora, com o selo, vamos ampliar e buscar atender a região central, inclusive os grandes supermercados”, disse.

 

Para ele, a certificação garante que está colocando no mercado corumbaense “um produto de qualidade, que tem aval de uma equipe especializada”. O mineiro, radicado na cidade há nove anos, já pensa em ampliar seus negócios. “Vamos ampliar. Devemos iniciar agora um trabalho com produtos defumados”, revelou.

 

SIMRodrigo (com a esposa) e seus produtos, junto com a equipe do SIM (Foto: Renê Marcio Carneiro)