Reformada, Casa da Cidadania fortalece ações de diversos segmentos sociais

Depois de uma reforma geral que incluiu ainda a parte elétrica e pintura, a Casa da Cidadania foi entregue na manhã desta terça-feira, 08 de setembro, pelo prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, em um ato que reuniu os diversos segmentos atendidos no espaço que tem por objetivo principal o acolhimento da população com fornecimento de informações e fortalecimentos de movimentos sociais. 

 

Vinculada à Secretaria de Assistência Social e Cidadania, o local abriga a Gerência de Promoção da Igualdade Racial; Gerência de Articulação de Políticas Públicas Para a Mulher; Gerência de Ações para a Juventude; Gerência de Trabalho e Capacitação Profissional; além do setor da Economia Criativa, que atualmente, possui 16 grupos em atividades, sob o comando do subsecretário de Assistência Social e Cidadania, Nilo Corrêa.

 

Ao relatar da importância que a Casa da Cidadania tem para o município, o professor Davi Rosário, representante da Acodfal (Associação Corumbaense das Pesssoas com Doenças Falciformes), destacou a formação de várias entidades atualmente representativas no município.

 

“Sempre nos movimentos sociais, principalmente os relacionados aos negros, não havia amparo do Poder Público e isso persistiu ao longo dos anos. Com a Casa da Cidadania, essa relação passou a mudar e essa ligação entre população, movimento social e Governo se estabeleceu. Carinhosamente, chamamos aqui de ‘quintal de nossa casa’ porque nesse espaço aconteceram as primeiras conversas que referenciaram e oficializaram entidades como a própria Acodfal e a Acorema (Associação Corumbaense de Religiões de Matrizes Africana), por exemplo”, disse.

 

E por ser esse lugar emblemático para as entidades, apesar do momento de corte nos gastos, foi que a Prefeitura resolveu manter e aprimorar a Casa da Cidadania com a reforma na qual foram investidos mais 33 mil reais, conforme comentou a secretária de Assistência Social e Cidadania, Mabel Sahib Aguilar.

 

“Pensamos em mudar de local, mas ao saber dessas histórias, temos certeza que tomamos a decisão correta. Além de todas as Gerências, também abrigamos aqui a Junta Militar onde, somente neste último processo, foram alistados mais de 1700 jovens, dos quais mais de 600 serão incorporados, mostrando que a Casa da Cidadania é um lugar que garante não apenas direitos, mas deveres também”, avaliou.

 

Reforçando a ideia de um espaço democrático, o prefeito Paulo Duarte repetiu o que vem mostrando em seus discursos e ações: a prioridade com as pessoas. Ele frisou que a Casa da Cidadania e suas ações mudaram o foco de muitos movimentos que existiam na cidade, a exemplo, do Movimento de Rua com seus b-boys (dançarinos), grafite (arte visual) e skate (esporte), tirando-os da margem e levando-os para o protagonismo social.

 

“Esse é um espaço da população, lideranças comunitárias, mas do povo que aqui encontram o acolhimento que procuram. Aqui o Poder Público tem uma relação muito mais próxima e direito com as pessoas, gerando assim ações importantes para todos. Aqui também trabalhamos muito fortemente contra qualquer tipo de discriminação seja ela de credo, de raça e por isso o fortalecemos”, disse.

 

“Estamos priorizando ações que envolvem as pessoas e por isso muitas obras que antes não foram vistas estão acontecendo como, por exemplo, a drenagem da alameda Vulcano e a revitalização do Espaço de Convivência do bairro Borrowski. São obras que trazem bem-estar e qualidade de vida para as pessoas”, afirmou.

 

A Casa da Cidadania está localizada na Rua XV de Novembro, 400, entre as ruas 13 de Junho e Dom Aquino, centro de Corumbá. 

 

Casa cidadania