Prefeitura investe em pessoas e inicia segunda etapa da climatização

O prefeito Paulo Duarte autorizou nesta segunda-feira, 14, a segunda etapa do projeto Bons Ventos que vai permitir climatizar mais 13 estabelecimentos da Rede Municipal de Ensino (Reme), oito na área urbana e cinco na zona rural. Nesta etapa estão sendo investidos R$ 1.574.646,30, recursos próprios do Município, em obras que vão desde serviços nas instalações elétricas dos prédios, até instalações dos aparelhos de ar condicionado.

 

“É a conclusão de um projeto iniciado em 2013 que estamos concluindo, climatizando 100% das salas de aula da Rede Municipal de Ensino. Somente na área urbana serão mais oito estabelecimentos, seis escolas e dois centros de educação infantil, que pretendemos climatizar até o final do ano, para depois ir para as escolas da Zona Rural”, informou.

 

O ato aconteceu na Escola Municipal Djalma de Sampaio Brasil, no Bairro Aeroporto, e integrou as comemorações dos 237 anos de fundação de Corumbá que serão celebrados na próxima segunda-feira, dia 21.

 

Ao chegar àquela unidade educacional, acompanhado da primeira dama e diretora-presidente da Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico, o prefeito conversou bastante com a direção da escola e Centro de Educação Infantil Serv-Carmo; com professoras e professores; alunos, pais, e foi taxativo ao afirmar que desde o início da sua administração, o pensamento esteve voltado nas pessoas.

 

“Entre estas duas etapas são R$ 3,6 milhões de investimentos neste projeto de climatização. São recursos próprios da Prefeitura que poderiam ser aplicados em pavimentação asfáltica, por exemplo. Mas, priorizamos investir nas pessoas, nas nossas crianças que são o futuro de Corumbá. Fazendo aquilo que nunca foi feito”, disse, já lançando um desafio: “quero ver alguém, no futuro, construir uma escola municipal em Corumbá, sem ar condicionado. Todas terão que ser climatizadas. Nós mesmo já entregamos dois centros de educação infantil, climatizados”.

 

E os novos investimentos vão permitir climatizar mais 175 salas de aula, beneficiando mais de 8,1 mil alunos. “Tudo isso com recursos próprios. Mesmo com a crise estamos fazendo isto para atender nossas crianças e os profissionais que trabalham com elas. Sem dúvida, isto representa um ganho na educação dos alunos e alunas da Rede Municipal”.

 

O programa foi iniciado em 2013 e já atendeu 60% das escolas da Reme. Na primeira etapa foram climatizados 19 estabelecimentos de ensino. Agora, serão 11 escolas e dois centros de educação infantil Catarina Anastácio e Serv-Carmo. “Com estes dois, vamos concluir o projeto nos estabelecimentos que atendem crianças de zero a cinco anos”, lembrou Duarte.

 

“É um conforto extremamente necessário que vai representar um ganho sensível no aprendizado das nossas crianças e oferecer a qualidade necessária para que os nossos profissionais da educação possam realizar esse aprendizado”, destacou, se referindo aos professores, também beneficiados com a iniciativa.

 

Nesta etapa serão climatizadas 175 salas de aula de seis escolas na área urbana da cidade, cinco na zona rural, além de dois centros de educação infantil, beneficiando 8.102 alunos da Rede Municipal de Ensino. No total serão instalados 318 aparelhos de ar condicionado.

 

O programa vai atender as escolas CAIC Padre Ernesto Sassida e o Centro de Educação Infantil Catarina Anastácio (39 salas); Djalma de Sampaio Brasil e CEI Serv-Carmo (21 salas); Clio Proença (21 salas); Izabel Corrêa de Oliveira (15 salas); José de Souza Damy (18 salas), e Barão do Rio Branco (15) salas, todos na área urbana.

 

Na zona rural serão atendidos os alunos e professores das escolas Eutrópia Gomes Pedroso, no Assentamento Tamarinero (08 salas); Monte Azul, no Taquaral (13 salas); Paiolzinho, no Paiolzinho (09 salas); Carlos Cárcano, no Urucum (07 salas) e Luiz de Albuquerque, no Distrito de Albuquerque (09 salas).

 

Para climatizar, a Prefeitura teve que executar obras de readequação elétrica, serviços já concluídos em todas as unidades da área urbana, e também na Eutrópia Gomes Pedroso. Hoje os serviços nas instalações elétricas estão em andamento nas escolas Monte Azul e Paiolzinho, e serão iniciadas na Carlos Cárcano e na Luiz de Albuquerque.

 

Primeira etapa

 

O prefeito lembrou também que na primeira etapa, o programa de climatização atendeu os centros de educação infantil Estrelinha Verde, Hélia Reis, Valódia Serra, Rosa Josetti, Inocência Cambará, Maria Candelária, Maria Benvinda, Ana Gonçalves do Nascimento e Eunice Ajala Rocha.

 

A Prefeitura contemplou também as salas de aula das escolas Tilma Fernandes Veiga, Cássio Leite de Barros, Cyríaco Félix de Toledo, Delcidio do Amaral, Pedro Paulo de Medeiros, Rachid Bardauil, Fernando de Barros, Almirante Tamandaré, Ângela Maria Perez e Luiz Feitosa Rodrigues.

 

O total de salas climatizadas até o momento chegou a 216, com 468 aparelhos de ar condicionado, beneficiando 7.903 alunos da Rede Municipal de Ensino.