Prefeito ajusta ações de Saúde e Infraestutura com comitiva do Estado

O prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, recebeu na tarde desta terça-feira, 29 de setembro, uma comitiva do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul no gabinete municipal para tratar dos últimos detalhes da Caravana da Saúde, ação realizada em parceria entre as esferas estadual e municipal, bem como demais assuntos ligados a esse setor. O diálogo entre os representantes das duas esferas ainda se estendeu para questões de Infraestrutura.

 

A comitiva formada pelo chefe da Casa Civil de MS, secretário Sergio de Paula; secretário de Estado de Saúde, Nelson Tavares; e o engenheiro civil da Agesul, Pedro Augusto Duarte Brandão também foi recepcionada pela secretária municipal de Saúde, Dinaci Ranzi, pelo secretário de municipal de Infraestutura e Serviços Públicos, Gerson da Costa Melo; e pelo diretor da Santa Casa de Corumbá, Cristiano Xavier.

 

“Estamos alinhando algumas questões com relação à Santa Casa e demais situações que serão anunciadas neste sábado, 03 de outubro, pelo Governador durante o Dia D da Caravana da Saúde. Essas tratativas são importantes para chegarmos a um consenso quanto a investimentos que serão feitos aqui na Saúde com a Prefeitura”, explicou o chefe do Executivo corumbaense.

 

Na Infraestrutura, o debate não se voltou a valores, mas sim a forma como esses recursos orçados na ordem de R$ 3 milhões serão aplicados, já que eles serão destinados para uma grande frente de recapeamento de vias na cidade.

 

O secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Urbanos, Gerson Melo, apresentou um mapa com as propostas de ruas a serem contempladas com o serviço. São vias utilizadas com os corredores para o transporte coletivo e também aquelas que já apresentam grande desgaste, porém esse levantamento será analisado levando em conta a previsão de obras da Sanesul, conforme solicitou à Prefeitura de Corumbá aos representantes do Governo do Estado.

 

“Isso é para evitar fazer o recapeamento em ruas que logo irão ter que abrir. Eles vão mapear a proposta que a Prefeitura fez para ver se é possível, se tem alguma rua que vai sofrer intervenção em breve e, se tiver, elas serão retiradas para a inclusão de outras”, comentou o prefeito Paulo Duarte que recebeu o apoio do chefe da Casa Civil de MS, secretário Sergio de Paula.

 

“Quando isso acontece é muito ruim para o prefeito e para nós, do Governo”, disse ao resumir a prática que vem causando transtornos aos munícipes de Corumbá.