Novos equipamentos garantirão atendimento bucal a pacientes especiais

Fazendo dos investimentos na saúde bucal do município um processo contínuo, o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, entregou na manhã desta terça-feira, 15 de setembro, equipamentos que permitirão um atendimento até então inédito na cidade. Com investimentos da Prefeitura Municipal e do Governo Federal, a Santa Casa de Corumbá passa a ser referência para atendimentos às pessoas com deficiência, bem como aquelas que se encontram internadas nos leitos hospitalares.

 

“Essa oportunidade de fazer o tratamento bucal desses pacientes no próprio leito, eu nunca vi em nenhum hospital, nem em um de grande porte que trabalhei no Rio de Janeiro. Hoje, existe a saúde bucal nos pacientes de CTI, daqueles internados na clínica médica e na cirúrgica. Há mais ou menos três anos, a nossa Santa Casa não tinha nem o alvará sanitário, tinha perdido o certificado de filantropia e graças a Deus com o trabalho de todos aqui e a parceria da Prefeitura conseguimos recuperar o que as gestões passadas haviam perdido”, disse o médico Cristiano Xavier, diretor-presidente da Junta Interventora da Santa Casa de Corumbá, ao lembrar os avanços que a única unidade hospitalar da região conquistou nos últimos tempos desde a gestão do prefeito Paulo Duarte.

 

Entre os equipamentos entregues nesta manhã estão: 01 conjunto odontológico (compressor de ar, jato de bicarbonato e acessórios), 01 aparelho de raio-x odontológico, 01 aparelho de fotopolimerizador e 04 conjuntos de pontas.

 

“Não é só fazer obra, é pensar em gente, pensar em pessoa, tem que reaprender a ter esse respeito, a tocar nas pessoas, a conversar. Todos temos uma vida estressante, mas não podemos esquecer de uma coisa: a relação de respeito, de afeto, de carinho com o local do trabalho”, falou o prefeito Paulo Duarte.

 

Em entrevista à imprensa durante o evento de entrega dos equipamentos odontológicos, o prefeito falou sobre a posição da Prefeitura em relação à liminar que determinou a retomada do plantão odontológico 24 horas no Pronto-Socorro Municipal.

 

“Houve uma decisão que é temporária, é liminar, nós vamos recorrer porque temos 18 horas de plantão. Não fizemos as coisas sem verificar antes, esse plantão de meia-noite às 06 horas da manhã, somente no mês de julho, ficaram 21 dias sem vir uma pessoa sequer. Estamos num momento de crise no país e temos que otimizar os recursos públicos para que Corumbá possa continuar a ser uma das poucas cidades do Estado e Brasil que está pagando servidor em dia, entregando obras”, disse ao afirmar.

 

“O plantão odontológico não acabou, temos esse serviço durante 18 horas, apenas de meia-noite às seis da manhã, em função do número reduzido, é que não há esse plantão. Como houve a decisão liminar do Sindicato de Campo Grande, que não conhece nossa realidade, vamos recorrer e tenho certeza que a situação vai ser restabelecida até porque a decisão foi tomada com bastante estudo e critério”, esclareceu.

 

Mais investimentos

 

Os investimentos em saúde bucal do município ainda atingem o novo Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) lançado este mês, dentro da programação de aniversário dos 237 anos de Corumbá, pelo prefeito Paulo Duarte. O CEO será dotado de 10 gabinetes odontológicos, além de uma equipe com 20 cirurgiões dentistas que serão responsáveis pelo atendimento mensal de cerca de quatro mil pessoas.

A nova estrutura será no antigo prédio da Unidade Básica de Saúde Luís Fragelli, que está sendo reformado e readequado. Conta com classificação tipo 3, e vai substituir o CEO atual, que é do tipo 2, e que disponibiliza somente quatro consultórios e oito cirurgiões.

 

Além dos 10 consultórios odontológicos, o novo CEO contará com sala de Raio X, sala de esterilização, laboratório de próteses, expurgo, banheiros com acessibilidade, almoxarifado, triagem, sala de administração, setor técnico e uma ampla sala climatizada (recepção), para maior conforto da população.

 

Nos últimos anos, Corumbá avançou muito quando o assunto se trata de Saúde Bucal. Para se ter uma ideia, das 27 equipes da Estratégia de Saúde da Família, 22 delas contam com dentistas. Além disso, está também atendendo a população de rua com um programa específico, por meio de um consultório móvel, semelhante aos que atendem a população ribeirinha e da zona rural.