Integrantes do Judiciário e deputados são homenageados em Corumbá

A Câmara Municipal de Vereadores prestou uma homenagem a personalidades dos poderes Judiciário e Legislativo que contribuíram de forma decisiva para a elevação da Comarca de Corumbá à categoria de Entrância Especial. Foi durante uma sessão solene realizada na noite dessa sexta-feira, 18, no SESC Corumbá, e contou com a presença do prefeito Paulo Duarte.

 

Entre os 25 homenageados estão desembargadores, juízes de direito, deputados estaduais e advogados. Todos tiveram papel fundamental no processo de elevação da Comarca de Corumbá para Entrância Especial, formalizada na manhã da sexta-feira, em sessão histórica do Tribunal do Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), que se instalou pela primeira vez fora da Capital.

 

Os homenageados com o Título de Cidadão foram os desembargadores João Maria Lós (presidente do TJMS), Luiz Cláudio Bonassini da Silva, Marcos José de Brito Rodrigues e Divoncir Schreiner Maran; os juízes de direito Alyson Kneipp Duque (diretor do Foro de Corumbá), André Luiz Monteiro, Daniel Scaramella Moreira, Deyvis Eco, Maurício Cleber Miglioranzi Santos e Luiza Vieira Sá de Figueiredo.

 

Além deles receberam o título também os deputados estaduais Osvaldo Mochi Júnior (presidente da Assembléia Legislativa), Felipe Orro, Pastor Rinaldo, Cabo Almi e Amarildo Cruz, além do Elio Marsiglia.

 

Já a Medalha do Mérito Legislativo Antônio Maria Coelho foi entregue aos desembargadores Paschoal Carmello Leandro, Marco André Nogueira Hanson e Claudionor Abss Duarte; ao juiz de direito Emerson Ricardo Fernandes; ao deputado estadual José Carlos Barbosa e aos advogados Leonardo Saad, Rafael Duarte e Dirceu Rodrigues Júnior (presidente da OAB Corumbá).

 

Falando em nome de todos os homenageados com a Medalha do Mérito Legislativo, o juiz Emerson Ricardo Fernandes, que atua na Comarca de Corumbá, destacou que o reconhecimento da Câmara de Vereadores mostra que o Poder Judiciário está fazendo ações em prol do desenvolvimento do município.

 

“Esta comenda traz em seu nome, Antônio Maria Coelho, nome de um batalhador, de alguém que lutou por esta terra. Este gesto nos deixa contentes porque mostra que podemos fazer algo em prol de Corumbá. O melhor disso não é receber a comenda, o melhor é o significado atribuído, de que fizemos algo em prol da cidade. Fizemos parte da história de Corumbá”.

 

O advogado Elio Marsiglia, discursou em nome dos homenageados com o título de Cidadão Corumbaense. Ele pontuou a importância da homenagem e lembrou sua atuação na área jurídica do Legislativo Municipal.

 

“Essa homenagem representa o reconhecimento e a convicção de que vossas excelências semearam no ontem um trabalho que dignifica os executores. A honraria para mim distinguida se deve a participação que humildemente desempenhei por mais de 18 anos como advogado da Casa de Barão de Vila Maria, onde tive a felicidade de participar da elaboração da lei orgânica de Corumbá”, celebrou.

 

Diretor do Foro de Corumbá, o juiz Alyson Kneipp Duque afirmou que a homenagem recebida é para ele motivo de orgulho, porque está aqui há três anos, tem um filho nascido na cidade e deseja atuar na magistratura por muito tempo em Corumbá.

 

“O povo corumbaense é emotivo, passional, ama sua terra e isso atrai as pessoas. Me sinto muito honrado em ter recebido o título de Cidadão Corumbaense, já me sentia corumbaense, estou aqui há três anos, que têm sido de muito trabalho e felicidade, meu filho é corumbaense. Agora tenho um documento que comprova, com muito orgulho, que sou corumbaense. Quero continuar aqui trabalhando por muitos anos ainda”.

 

O prefeito Paulo Duarte compôs a mesa diretora da sessão solene. Ele ressaltou que a solenidade valorizou o sentimento de orgulho de nascer e morar em Corumbá.

 

“Talvez sirva de lição para nós corumbaenses, que muitas vezes não valorizamos aquilo que temos. Muitas vezes as pessoas que vêm de fora posteriormente demonstram um sentimento de saudade por ter vivido aqui. Tem muita gente que gostaria de morar aqui, acho que isso serve de lição para aqueles que moram aqui e muitas vezes não valorizamos. Essa é a grande reflexão desta noite, valorizar mais aquilo que temos e de termos a honra e o orgulho de morar nessa terra”.

 

O desembargador João Maria Lós, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, que recebeu o título de Cidadão Corumbaense, lembrou o acolhimento que teve dos corumbaenses no período em que exerceu a magistratura na cidade e deu destaque ao povo e encantos de Corumbá em seu discurso.

 

“Paulista de nascimento, campo-grandense de coração e, agora, orgulhoso corumbaense. Foi obra do destino que me fez conhecer gente tão generosa e extraordinária, gente que me acolheu como filho, ainda no início da década de 80 e hoje me chancela cidadão. É com emoção que recebo a homenagem, aprendi muito sobre Corumbá. Sou daqueles apaixonados que enchem a boca para dizer que vou descer para Corumbá. Falo com orgulho que conheço o gosto e cheiro dessa terra. Hoje sou acolhido como filho e não vivi tantas glórias quanto sua história de 237 anos, mas vivo o presente e projeto aqui um futuro extraordinário”, disse.

 

Presidente da Câmara Municipal de Corumbá, o vereador Tadeu Vieira, que liderou uma comitiva do Legislativo até o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, na capital do Estado, para solicitar a elevação para Entrância Especial, enfatizou que a visita que parecia ser apenas “simbólica” rendeu resultados positivos para a cidade.

 

“Levamos uma comitiva de 11 vereadores, todos os juízes participaram, advogados participaram, foi uma verdadeira caminhada a Campo Grande, uma visita simbólica que hoje trouxe um benefício enorme e um marco importante para Corumbá. Hoje chegou mais uma comitiva de desbravadores, via Tribunal de Justiça, implantando aquilo que nosso hino diz ‘Corumbá dos nossos sonhos’, e realmente está se tornando a Corumbá dos nossos sonhos”, comentou.

 

“O Poder Legislativo de Corumbá tem uma posição de independência como os demais poderes, mas temos uma decisão de trabalhar em harmonia com todos os poderes, a população precisa dessa harmonia. Nós percebemos que essa harmonia existe quando chegamos ao Tribunal de Justiça. Nossos agradecimentos a todos os deputados estaduais e a todos os desembargadores. Corumbá está muito feliz, porque todos eles (homenageados) receberam hoje o resultado do DNA e realmente se tornaram corumbaenses. Muito já fizeram por Corumbá e através desse resultado, os senhores têm muito mais por fazer. Corumbá precisa muito de todos nós. O Poder Legislativo não é diferente, queremos trabalhar, podemos fazer e vamos fazer”, finalizou.

 

Participaram da sessão solene os vereadores, João Lucas Martins, Carlos Alberto Machado, Luciano Costa, Yussef Salla, Evander Vendramini, Buxexa Amaral, Doutor Sabatel, Ênio Castelo, Marcelo Iunes, Cristina Lanza e Roberto Façanha.

 

Também acompanharam a solenidade o prefeito José Antonio Assad e Faria; o bispo diocesano dom Segismundo Martinez Alvarez; o comandante do 6º Distrito Naval, contra-almirante Petrônio Augusto Siqueira de Aguiar; o comandante da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, general de brigada Jorge Cardoso Martins e demais autoridades.