Caravana da Saúde: pacientes podem procurar UBS para agendamento

A secretária municipal de Saúde de Corumbá, Dinaci Ranzi, reuniu-se nesta quarta-feira, 9 de setembro, com servidores de todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Município para discutir os detalhes da Caravana da Saúde, uma iniciativa do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura.

 

Participaram todas as enfermeiras responsáveis pelas Unidades Básicas, recepcionistas e agentes comunitários. “Todos têm papel fundamental para o sucesso dessa ação. São esses profissionais que vão nos ajudar a levar os pacientes até a Caravana”, explicou Dinaci, reiterando que todo atendimento será previamente agendado pelo Município.

 

“Isso é muito importante reforçarmos. Só serão atendidas as pessoas agendadas pela Central de Regulação. Isso quer dizer que o interessado deve procurar a UBS de sua região e buscar maiores informações. Toda a rede está apta a auxiliá-lo e encaminha-lo ao local adequado”, complementou.

 

A secretária ainda lembrou que durante a Caravana da Saúde não serão realizados exames de tomografia e ressonância, mas que os pacientes que precisam desses procedimentos devem procurar as UBSs para atualização do cadastro. “O prefeito Paulo Duarte está buscando alternativas junto ao Governo do Estado para atendermos a população que precisa dessas especialidades”, completou Dinaci.

 

O local onde a Caravana atenderá deve ser confirmado até a próxima sexta-feira. “Estamos mantendo contato constante com a equipe responsável pela ação. Estamos trabalhando para que possamos atender o maior número possível de pessoas”, finalizou a secretária de Saúde de Corumbá.

 

A Caravana da Saúde é formada por 170 profissionais de diversas especialidades e 14 veículos equipados para a realização dos seguintes exames: IMC (Índice de Massa Corpórea), glicemia, Papanicolau, HIV, pressão arterial, tipagem sanguínea, PSA, hepatite B e C, mamografia, e ultrassonografia.

 

Serão realizadas cirurgias oftalmológicas, ortopédicas, ginecológicas e gerais (vesículas e hérnia); consultas dermatologia, odontologia, pediatria, neurologia, cardiologia, saúde do homem e saúde da mulher. Também acontecerão palestras sobre saúde bucal, doenças sexualmente transmissíveis, dengue, saúde do trabalho, tuberculose, hanseníase e chikungunya.