Após temporal, Prefeitura monta força tarefa para limpar a cidade

Mesmo com chuva, equipes da Prefeitura de Corumbá e parceiros estão atuando em vários pontos da cidade, recuperando os estragos causados pelo temporal de terça-feira, 08, que causou sensíveis prejuízos. Os serviços foram iniciados ontem mesmo, logo após o vendaval que atingiu a marca de 87 km/h às 16 horas, conforme informações da Defesa Civil Municipal.

 

Os maiores problemas estão relacionados a quedas de árvores e galhos; destelhamentos, bem como danos a barracas que, no dia anterior, atenderam a quermesse da APAE e que estavam sendo retiradas na terça, no momento do temporal.

 

O Corpo de Bombeiros registrou um total de 35 ocorrências, sendo 18 quedas de galhos em residências e um em automóvel, além de 4 destelhamentos e 12 obstruções de vias causadas por quedas de árvores ou galhos. O vendaval causou também rompimentos de cabos elétricos e destruição de padrões residenciais.

 

“Ontem mesmo, logo após o vendaval, recebemos as primeiras informações sobre quedas de árvores na cidade e, atendendo uma orientação do prefeito Paulo Duarte, montamos uma força tarefa e iniciamos um mutirão na cidade, para amenizar os problemas causados pelo temporal. Continuamos boa parte da noite e hoje, logo cedo, os serviços foram retomados”, explicou o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Gerson da Costa Melo.

 

O engenheiro informou que a cidade foi dividida em setores e cada equipe está atuando em uma área, para remoção das árvores e galhos, liberação de pistas, desobstrução de bocas de lobo, varrição, enfim, limpeza geral da cidade.

 

Esta força tarefa está envolvendo equipes da Prefeitura (Infraestrutura, Fundação de Meio Ambiente, Agetrat, Defesa Civil), como também de empresas que prestam serviços ao Município que estão com homens, máquinas e caminhões, auxiliando nos trabalhos. Outro parceiro é o Corpo de Bombeiros, bem com o a Energiza que, desde ontem, está recuperando os estragos causados no sistema.

 

O temporal causou problemas ainda em semáforos que, desde ontem já estavam sendo recuperados pela Agetrat, bem como em placas de sinalização turística. Em relação a semáforos, se não bastasse o forte vento de ontem à tarde, marginai ainda furtaram parte da fiação subterrânea do conjunto semafórico da Rua Dom Aquino com a Firmo de Matos, que está desligado.