Integrado ao festival, Mostra Rua movimenta o Porto Geral de Corumbá

O Movimento de Cultura de Rua de Corumbá é mais uma das atrações do Festival América do Sul Pantanal (FASP), com a participação dos membros da Associação Cultura de Rua, que tem o apoio da Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania/Gerência de Políticas para a Juventude.

 

A intervenção integra a programação do FASP e acontece na Arena do Porto Geral na sexta-feira, 21 de agosto, das 9 às 11 horas, e a partir das 17 horas, com apresentações do skate, graffiti, rap, break e da cultura hip hop.

 

Para o Gerente de Políticas para a Juventude, Jonathan França da Cruz, a participação da Associação Cultura de Rua demonstra que a juventude “vem conquistado cada vez mais o seu espaço, e que o poder público municipal tem contribuído para a valorização da cultura de rua, uma vez que a criação da Associação Cultura de Rua foi uma própria recomendação do prefeito Paulo Duarte”.

 

O subsecretário de Assistência Social e Cidadania, Nilo Corrêa, destacou a importância do diálogo entre a Prefeitura de Corumbá e o Governo do Estado, que está propiciando aos artistas locais, “uma participação de forma ativa no Festival América do Sul Pantanal, junto a outros diversos artistas de notório reconhecimento, o que propiciará excelente troca de experiências e enriquecimento cultural”.

 

Mostra Rua

 

As intervenções urbanas do Mostra Rua traz ao Festival América do Sul Pantanal o fenômeno sociocultural dos mais importantes surgidos nas últimas décadas: O hip hop, movimento social que se conceitua na cultura de rua, que hoje mobiliza milhares de jovens das periferias das grandes cidades brasileiras.

 

Suas formas de expressão, a batida do rap, os movimentos do break, as cores fortes do grafite aliados ao skateboard, são signos visíveis de uma enorme discussão que fervilha entre esses filhos das várias e imensas desigualdades da sociedade brasileira a respeito de identidade racial, de possibilidade de inserção social, de alternativas à violência e à marginalidade. Em menos palavras, o hip hop é a resposta política e cultural da juventude excluída.

 

O Mostra Rua é uma ação cultural promovida por jovens da cultura de rua de Mato Grosso do Sul, que promove, durante o festival, intervenções de rua, encontros e discussões que desenvolvem o social, o intelectual e o emocional dos envolvidos, contribuindo para a formação educacional e cultural de praticantes do hip hop para que possam atuar com autonomia na transformação de suas realidades, incentivando o surgimento de futuros cidadãos conscientes sobre seu papel na sociedade.

 

No festival América do Sul Pantanal as intervenções de rua estão sobe o comando dos graffiteiros Diego Verme, Rafael Mareco, João Rodrigues e Pedro Vaciaveo (PIC – Pá de Ideias Clã), dos skatistas Frederico de Almeida (Somos Skateboard) e Maycon dos Santos (Ousa Grapixo) e do Dj Gio Marx, pertencentes ao Coletivo VivaRua, MS. Como convidados: O graffiteiro Enivo, SP, e atuantes da cultura hip hop corumbaenses.

 

Programação

 

21/08 – 9h às 11h – Teatro de Arena do Porto Geral

Intervenções de skate e graffiti

 

21/08 – 17h as 18h – Teatro de Arena do Porto Geral

Intervenções de Rap e Break

 

22/08 – 9h às 11h – Teatro de Arena do Porto Geral

Intervenções de skate e graffiti

 

22/08 – 17h as 18h – Teatro de Arena do Porto Geral

Encerramento da ação cultural com intervenções de rap, break, um desafio do skate com premiação e workshop de graffiti.  Inscrições gratuitas e no local.

 

Sobre Enivo: Enivo firmou um pacto vital com a arte e sua essência aos 12 anos de idade, através da primeira experiência com o Graffiti, em 1998. Desde então, marca as ruas da cidade com a materialização de ideias, expressão de sentimentos e questionamentos, através da imagem. Enivo afirma que todas as mutações em sua obra são como portais para o novo. Entende que a técnica, conceito e expressão transitam de forma cíclica. Cada nova série criada é resultado do que já foi feito e ao mesmo tempo um passo para novas pesquisas, ramificações de ideias que apresentam a continuidade, novas possibilidades de criação.

 

Além da arte livre-expressiva nas ruas e no ateliê, já ilustrou campanhas publicitárias para muitas marcas e decorou diversos lares e empresas. Graduado em Artes Plásticas pela Faculdade Paulista de Artes, é também arte-educador, na partilha de conhecimentos e vivências com jovens focados em pesquisar e produzir arte. Sócio fundador da A7MA Galeria, Enivo atua como curador e organizador de exposições que pensam Arte, em movimento.

 

Desafio de skate: encontro e discussão sobre ocupação de espaços públicos e coletivos, ao final uma competição e quem tiver mais habilidade e desempenhar a melhor manobra: é o vencedor. Workshop de Graffiti: encontro e discussão sobre ocupação de espaços públicos e coletivos, ao final, confecção de tambores coletores de lixo reciclável, que serão doados a comunidade local.