Em parceria com Governo, Prefeitura vai recapear 24 quadras em Corumbá

O Governo do Estado vai repassar cerca de R$ 3 milhões à Prefeitura de Corumbá que serão aplicados no recapeamento asfáltico de 24 quadras na área urbana da cidade, contemplando vias de grande fluxo de tráfego. O projeto foi apresentado pelo prefeito Paulo Duarte ao governador Reinaldo Azambuja durante o Festival América do Sul Pantanal, logo após a abertura da mostra de artes plásticas e de fotografias, no Sesc Corumbá.

 

“Logo que o governador Reinaldo assumiu o cargo, iniciamos entendimentos visando estabelecer parcerias para beneficiar a população corumbaense. Dias atrás, quando estivemos em Campo Grande, durante o lançamento do Festival América do Sul Pantanal, voltamos a conversar sobre investimentos na cidade e um deles será o recapeamento de vias de grande fluxo de tráfego na cidade”, lembrou Duarte.

 

Na época, o governador sinalizou recursos da ordem de R$ 2.949.451,55 e, na quinta-feira à noite, antes da abertura do FASP, o prefeito apresentou o projeto a Azambuja. “Será um novo asfalto que vamos implantar nestas importantes vias, dando sequência a um programa que iniciamos em 2013 e que permitiu recapearmos 70 quadras em uma primeira etapa”, explicou o prefeito.

 

O projeto será encaminhado ao secretário de Estado de Infraestrutura, Ednei Marcelo Miglioli, e durante a apresentação, o governador destacou a importância do estabelecimento de parcerias para ultrapassar momentos difíceis como o atual. Além da liberação dos recursos para o recapeamento, Azambuja sinalizou também parcerias para construirmos de casas populares, bem como projetos já em estudo para melhorar a infraestrutura na Estrada Parque, Curva do Leque e a estrada que liga Corumbá até o Forte Coimbra, entre outros.

 

O recapeamento vai beneficiar o centro da cidade e os bairros Centro América, Maria Leite, Nossa Senhora de Fátima e Popular Nova. “É de extrema importância esta parceria estabelecida com o governo. Vamos poder dar continuidade às obras que iniciamos no final de 2013, com recursos próprios, melhorando as condições de tráfego de vias com grande fluxo”, explicou Duarte.

 

O projeto prevê execução dos serviços nas ruas 21 de Setembro, Cabral, Albuquerque, Hélio Benzi (antiga Esmeralda), Dom Pedro II, Edu Rocha e Paraná. “São vias prioritárias que estão com seus pavimentos bastante deteriorados devido à ação do tempo, bem como pela implantação de redes de esgoto e de água, serviços importantes para a população, cuja recuperação do pavimento, durante o governo anterior ao do atual governador, não aconteceu como deveria”, lembrou.