Corumbá abre campanha contra poliomielite para vacinar 8.255 crianças

A Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite foi aberta na manhã deste sábado, 15, em Corumbá. E o pontapé inicial para imunização que pretende alcançar 95% das crianças com idade entre seis meses a quatro anos, 11 meses e 20 dias, contra a paralisia infantil, aconteceu na Unidade de Saúde Luís Fragelli, no Bairro Universitário.

 

Quem recebeu a primeira dose foi a pequena Beatriz, de oito meses. Também no mesmo local, receberam doses da vacina contra a pólio os pequenos Ítalo de 1 ano e Valentina de 3 anos. Após serem imunizados, os pequenos se divertiram com a presença do Zé Gotinha, o mascote da campanha.

 

A campanha está sendo coordenada pela Secretaria de Saúde e a meta prevista para este ano é imunizar 8.255 crianças com idade entre seis meses e menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias). No Dia D, a imunização acontece no período das 08 às 17 horas e é importante os pais ou responsáveis, levar a caderneta de vacinação das crianças.

 

Esta é a 36ª Campanha Nacional de Vacinação anual contra a Poliomielite que vai até o dia 31 de agosto. A imunização acontece nas unidades de saúde Padre Ernesto Sassida, no Bairro Dom Bosco; Ênio Cunha I, na Cervejaria; Popular Velha, no Bairro da Popular Velha; Fernando Moutinho, no Cristo Redentor; Kadwéus, no Kadwéus; Dr. Humberto Pereira, no Nossa Senhora de Fátima; Breno de Medeiros, na Popular Nova.

 

vacina

 

Funcionam também o Centro de Saúde da Ladeira, na Ladeira Cunha e Cruz, centro da cidade, com duas salas de vacinação, além das unidades Luís Fragelli, no Universitário; Gastão de Oliveira, no Maria Leite; Vitória Régia, no Vitória Régia; Paulo Maisato, na Nova Corumbá; Aeroporto, no Aeroporto. Todo este trabalho será reforçado por uma equipe volante que estarão percorrendo hospital, clínicas, entre outros, para atender as crianças.

 

Cadastro

 

A coordenadora de imunização da Secretaria de Saúde, enfermeira Roseni de Farias Alves de Andrade Silva, explica que, durante a campanha, as equipes vão trabalhar também na atualização de dados que serão inseridos no Sistema Nacional de Imunização, implantado pelo Ministério da Saúde. Antes da abertura, todos os envolvidos na imunização passaram por uma rápida capacitação, visando o melhor desempenho, princiupalmente em relação à atualização de dados.

 

A mamãe Caroliny Soares fez questão de comparecer à Unidade de Saúde com os documentos do filho, além do cartão de vacinação. “Trouxe porque soube que eles fariam uma atualização do histórico de vacinas do meu filho”, comentou.

 

Vacina

 

Já em relação à continuidade da campanha, após o Dia D, a enfermeira informa que a vacinação acontecerá nas unidades de saúde Padre Ernesto Sassida, Popular Velha, Fernando Moutinho, Kadwéus, Dr. Humberto Pereira, Nova Corumbá e no Centro de Saúde da Ladeira que continuará funcionando com duas salas.

 

 A campanha

 

A campanha é desenvolvida pelo Ministério da Saúde em parceria com os estados e municípios. Para este ano, foram distribuídas 16 milhões de doses para vacinar 12,7 milhões de crianças contra a paralisia infantil. A meta é imunizar 12 milhões, o que representa 95% do público-alvo.

 

Esta campanha será também uma oportunidade para colocar a vacinação das crianças em dia. Por isso, paralelamente à campanha contra poliomielite, o Ministério da Saúde promove uma mobilização para atualizar o esquema vacinal dos menores de cinco anos. Os profissionais de saúde vão avaliar a caderneta infantil, alertando aos pais sobre as vacinas que estão vencendo ou em atraso.

 

vacina