Amigos reforçam parceria com a Cidade Dom Bosco em plantio de mudas

Uma cidade arborizada reflete diretamente na saúde da população. Além do oxigênio, a árvore pode reduzir a incidência de asma, câncer de pele e doenças relacionadas ao estresse, já que ajuda a diminuir a poluição do ar, promove sombreamento e um ambiente atrativo, calmo e adequado para recreação.

 

Foi pensando dessa forma que a direção da Cidade Dom Bosco realizou na manhã deste sábado, 15, um ato marcado pelo plantio de 10 mudas de arvores das espécies Ipê e Pata de Vaca, em uma área estratégica dentro da Escola Dom Bosco, próximo à quadra poliesportiva.

 

Além de todos os benefícios, o plantio das 10 mudas, conforme informou a diretora pedagógica da escola, Maria Clarice Servion, reforça ainda mais um projeto idealizado pelo saudoso padre Ernesto Sassida: as parcerias estabelecidas com os amigos da Cidade Dom Bosco.

 

“São dez mudas de árvores que serão cuidadas com todo carinho e que nos darão muita sombra no futuro. E o plantio foi feito por pessoas amigas da instituição, parceiros que sempre contribuíram com o projeto idealizado pelo padre Ernesto”, afirmou.

 

Entre os presentes ao ato de plantio estava o prefeito Paulo Duarte que, ao lado do padre Jair Marques de Araújo, coordenador pedagógico da Missão Salesiana, plantou uma das mudas. Duarte destacou a importância daquele momento, conclamando outras instituições para seguir o exemplo, e realizar plantios de árvores na cidade, para não só amenizar o calor tradicional corumbaense, mas com reflexos direto na saúde da população.

 

O prefeito estava acompanhado do subsecretário de Assistência Social e Cidadania, Nilo Corrêa, que também participou do plantio. Antes de deixar a Escola Dom Bosco, ele conversou bastante com os presentes e com os alunos e alunas que se preparavam para um outro evento marcante nas comemorações do bicentenário de Dom Bosco, o Projeto Grigio, que, por meio de um desfile, escolheu o cachorro adotado pelo Colégio Dom Bosco.

 

“Grigio era o nome do cachorro que sempre andava ao lado de Dom Bosco. Mesmo nos momentos ruins, ele estava ali. Por isso desenvolvemos este projeto, adotando um cão que vai inclusive desfilar no dia 21 de setembro, no aniversário de Corumbá. Isto é bom para fortalecer o vínculo dos nossos alunos com os animais”, concluiu Maria Clarice.

 

dom bosco