Projeto vai trabalhar prevenção ao uso de drogas com alunos da Reme

A Prefeitura, em parceria com o Conselho Municipal Antidrogas (COMAD) e o Campus Pantanal da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (CPAN/UFMS), lançaram nessa terça-feira, 30, o Projeto Para Prevenção ao Uso de Drogas Junto a Alunos do Ensino Médio da Rede Municipal de Ensino (Reme).

 

A metodologia de trabalho foi apresentada pelo professor Luiz Fernando Galvão. “O público alvo são os alunos, os professores e os técnicos em Educação de cinco escolas”, detalhou o docente do curso de Psicologia. Serão atendidas as escolas Luiz Feitosa Rodrigues, Tilma Fernandes Veiga, Rachid Bardauil, Eutrópia Gomes Pedroso e o projeto Geniquinho, no bairro Aeroporto.

 

O tempo de execução de trabalho será de 18 a 24 meses. “Vale ressaltar que cada unidade escolar terá sua peculiaridade respeitada, assim como as características de cada bairro, seu público e sua realidade”, completou Galvão. O projeto, que também tem a participação da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), integra o programa “Eu Acredito”, desenvolvido pelo COMAD.

 

“Infelizmente, a prevenção precisa começar cada vez mais cedo. As crianças estão tendo contato com as drogas cada vez de maneira mais precoce”, afirmou o prefeito Paulo Duarte, destacando toda a complexidade da questão. “Não podemos tratar o jovem usuário como criminoso. O criminoso, na verdade, é o traficante”, completou.

 

O prefeito também lembrou que o álcool costuma ser a porta de entrada para as drogas ilícitas e criticou o que definiu como hipocrisia da televisão brasileira. “A TV se coloca como dona da verdade, dos bons costumes e da moralidade, mas exibe em todos os seus intervalos propagandas de bebidas alcoólicas que incitam o consumo de um público cada vez mais jovem, além de banalizar e quase sempre vulgarizar a presença da mulher na sociedade”, concluiu.

 

Ainda na noite dessa terça-feira, foram empossados os membros do Conselho Escolar Antidrogas, criado pela Lei número 2.471, promulgada em março deste ano, e premiou os vencedores do II Concurso Cultural de Frases “Diga sim à vida, dizendo não às drogas”, realizado pelo Conselho Municipal Antidrogas.