Prefeitura apoia projeto que atende crianças e adolescentes em Corumbá

O “Projeto Arcanjo – Criança feliz sem drogas”, que está atendendo 57 crianças e adolescentes no Loteamento Pantanal, parte alta da cidade, passa a contar com apoio da Prefeitura de Corumbá. Foi o que informou o prefeito Paulo Duarte que na noite da quarta-feira, 1º de julho, visitou as instalações onde o projeto funciona e orientou sua equipe para realizar estudos, visando melhorar a estrutura do local, inclusive com equipamentos.

 

O projeto foi iniciado no final do mês de maio e é uma iniciativa de Ronaldo Cesar dos Santos Junior, o Baiano, e Luciano Velasques, integrantes da Associação de Instrutores de Bandas e Fanfarras de Corumbá. “A gente já vinha fazendo este trabalho com alunos da nossa rede de ensino. Mas, as escolas já contam com suas fanfarras e resolvemos seguir para os bairros, lançando este projeto aqui, no Loteamento Pantanal”, disse Baiano.

 

Ele conversou bastante com o prefeito Paulo Duarte e acredita que, por meio da música, é possível retirar as crianças e os adolescentes das ruas. “Começamos aqui, no Loteamento Pantanal, nesse imóvel que o saudoso Iracemi conseguiu para a gente, junto à Prefeitura”, explicou o instrutor, se referindo a Iracemi Pereira da Cruz, falecido na semana passada, e que em vida, foi um batalhador principalmente dentro do Movimento Nacional de Luta pela Moradia em Corumbá.

 

“Este projeto integra uma das ações da nossa associação que desenvolve também atividades em outras áreas, todas voltadas para a comunidade. Aqui, temos aulas todos os dias com duas turmas, das 16h30 às 17h30 e das 17h30 às 19 horas. Mas, estamos tendo dificuldades para continuar e por isso estamos recorrendo à Prefeitura”, explicou.

 

Um dos pedidos foi em relação ao prédio onde o projeto está sendo desenvolvido, em um imóvel localizado na esquina da José de Barros Maciel com a Luís Feitosa Rodrigues. O segundo se refere a equipamentos de percussão para atender as crianças.

 

O prefeito prontamente solicitou à sua equipe, a realização de um projeto visando a recuperação do imóvel para dar condições digna de uso por parte não só das pessoas que participam do projeto, mas também para desenvolvimento de outras atividades, como cursos de qualificação para a comunidade local. Ao mesmo tempo, orientou assessores para relacionar os instrumentos necessários para atender o projeto.

 

Paulo conversou bastante com os integrantes do projeto e com moradores da região. Fez um relato das realizações na região nos últimos dois anos e meio, afirmando que priorizou setores como a saúde, citando a UPA 24 Horas. “Tínhamos que colocar em funcionamento. Concluímos o prédio, equipamos e montamos a equipe. A UPA foi entregue à população funcionando. Assim será com esta Unidade de Saúde que estamos construindo aqui, e com outros empreendimentos na parte alta, como o Centro de Artes e Esportes Unificados do Jardim dos Estados, o Centro de Iniciação ao Esporte no Guanã, as novas unidades habitacionais do Guató e do Jardim dos Estados (1.040 em construção), climatização das salas de aula, e outras benfeitorias que estamos trazendo para a parte alta”, explicou o prefeito.

 

O prefeito ficou satisfeito ao saber que a ideia da Associação, conforme explicou seu presidente, Orlando Garcia, é levar o projeto para outras regiões da cidade, para atender crianças, adolescentes e a comunidade em geral, não só pela música, mas com outras atividades como dança, serigrafia e cursos de qualificação.