Com pavimento, moradores da Alameda Ana Rosa vivem uma nova realidade

Até bem pouco tempo atrás, o pensamento dos moradores da Alameda Ana Rosa, no Bairro Dom Bosco, era um só: mudar para outro lugar. Motivo: as péssimas condições daquela via pública que, em época de chuva, principalmente, ficava praticamente intransitável. Agora, a situação mudou. O período de sofrimento está ficando no passado, e o reflexo dessa mudança de vida pode ser notado no semblante das pessoas que residem no local. Tudo por conta da obra de pavimentação que a Prefeitura está executando na região.

 

E foi com um sorriso largo e com o filho no colo que Flávia Garcia Lima recebeu o prefeito Paulo Duarte no final da manhã desta sexta-feira, 03, durante uma vistoria às obras realizada pelo chefe do executivo, acompanhado do secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Gerson da Costa Melo.

 

“Moro aqui há 18 anos, mas não dava para aguentar aquela situação. Estava pensando em mudar. E não era somente eu e minha família, mas a grande maioria das pessoas que moram na alameda”, confessou Flávia. “Esta obra está sendo um alívio para todos nós. Vai mudar a nossa vida”, completou.

 

E não era apenas Flávia que dizia que agora, tem motivos para sorrir. Thalita Ana Barros, moradora na alameda há cinco anos, também falou que muita coisa vai mudar. Ela confessou que a situação dos moradores da Ana Rosa não era nada boa. “Qualquer chuva isto aqui ficava puro barro. Não dava para andar. Agora, com esta obra, vai melhorar muito”, comentou.

 

E quem prevê uma mudança de vida é Rosenil Miranda Cunha e Silva. Ela é proprietária do Instituto Exata Beleza que, até bem pouco tempo atrás, funcionava em outro endereço. Há três meses ela optou por mudar de endereço e levar o seu empreendimento para a sua residência. Confessou que fez isto após tomar conhecimento de que a alameda receberia pavimento em lajotas sextavadas.

 

“Antes não tinha como pensar em mudar o Instituto para cá devido às condições da rua. Agora não, ela está em condições e minhas clientes não estão encontrando dificuldades para chegar até aqui”, disse ela, confessando que isto se deve à pavimentação que já passou em frente a sua residência, transformada no Instituto Exata Beleza. “Agora, vamos arrumar a nossa calçada”, concluiu.

 

Mais uma alameda

 

O prefeito Paulo Duarte, durante a visita, cumprimentou os calceteiros e a única calceteira que estão trabalhando na obra de pavimentação que deve estar concluída nos próximos dias. Esta é mais uma das 32 alamedas que a Prefeitura está pavimentando na cidade, dentro da primeira etapa do programa de pavimentação em lajotas sextavadas.

 

Na visita, ele conversou bastante com os moradores, tomou conhecimento dos anos de sofrimentos vividos na região, mas que agora, existem bons motivos para sorrir. “É mais uma alameda que estamos pavimentando com recursos próprios da Prefeitura. Estamos com duas frentes de serviço, uma na região norte da cidade, do trilho até as margens do Rio Paraguai, e a outra na região sul, do trilho para cima. São obras que estão mudando a vida das pessoas e contribuindo para valorizar as residências e as localidades onde elas moram”, disse.

 

E, durante a visita, o prefeito conversou bastante com o secretário Gerson Melo, já pensando em outra frente de serviço na região. “Logo que terminarmos esta pavimentação da alameda, já vamos nos preparar para, em 2016, pavimentar a Rua Marechal Floriano, completando a urbanização desse trecho”, anunciou, se referindo ao trecho entre o Aeroporto Internacional e a Rua Dom Aquino, que vai necessitar de um projeto de drenagem para depois implantar o asfalto que será o Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ).