Bolsa Família, prefeito destaca cuidado com pessoas como prioridade

Beneficiários do Programa Bolsa Família conversaram com o prefeito Paulo Duarte na noite desta quinta-feira, 30 de julho, na escola municipal Delcídio do Amaral, no bairro Universitário. A reunião intersetorial envolveu profissionais da Assistência Social, Educação e Saúde e expôs orientações sobre o Programa que, em Corumbá, atende, atualmente, cerca de 6900 famílias.

 

Além do prefeito Paulo Duarte, estiveram presentes no encontro o subsecretário de Assistência Social e Cidadania, Nilo Correa, e a coordenadora do Bolsa Família em Corumbá, Noélia Virgílio da Silva. A reunião do bairro Universitário foi destinada apenas aos beneficiários cujos filhos estão matriculados na escola municipal Delcídio do Amaral, integrando um calendário elaborado pela coordenação municipal do Programa que visa atingir todas as regiões da cidade, tendo as unidades de Educação como pontos de referência, já que o Bolsa Família tem como uma das condicionalidades a frequência escolar dos menores.

 

“Além da Educação, temos profissionais da Saúde e da própria Assistência Social, que formam essa equipe que objetiva levar informações não apenas do Bolsa Família, mas também de outros programas assistenciais como o Pronatec e o BOM Pantanal (Banco de Oportunidades Municipal). Durante os encontros, passamos informes, tiramos dúvidas e reforçamos esse compromisso que as famílias tem em cumprir todas as condicionalidades, que são medidas que devem ser tomadas para a continuação do recebimento do benefício”, explicou Noélia Virgílio da Silva.

 

Ao conversar com os beneficiários, o prefeito Paulo Duarte destacou que o Programa foi criado durante o Governo do presidente Lula e reforçado nas gestões da presidenta Dilma atendendo ao princípio da distribuição de renda e que as condicionalidades devem ser encaradas não apenas como um peso de compromisso, mas como uma oportunidade de integração.

 

“O importante não é o benefício somente, mas essa integração, principalmente, com a equipe da Assistência Social. Tudo o que está por trás do Bolsa Família na área da Educação, da Saúde, da Assistência. Tem gente que não sabe o que é dificuldade na vida e critica esse programa, não sabe o que as pessoas mais humildes passam e a gente tem olhado pelas pessoas que mais precisam. E vocês tem que participar e estar juntos com a equipe da Assistência não porque é condicionante do programa, mas porque é importante esse contato”, frisou.

 

Paulo Duarte ainda lembrou que o grande propósito de seu Governo não está estampado apenas em um slogan (Cuidando bem da cidade, cuidando bem das pessoas), mas sim nas ações que são colocadas como prioritárias.

 

“É claro que queríamos todas as ruas de Corumbá asfaltadas, mas o que é mais importante? A saúde das pessoas, pois antes quando elas tinham algum problema, elas só podiam ir ao Pronto-Socorro na área central da cidade, agora, temos a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no bairro Guató”, disse ao citar a estrutura que está atendendo toda parte alta da cidade. Ele continuou ao lembrar também de investimentos na área da Educação.

 

“A nossa Administração, além de obras que estão sendo entregues, está se preocupando muito com esse trabalho que vem sendo feito com pessoas e priorizando aquilo que realmente é importante para as pessoas por isso temos feito muita coisa nas áreas da Saúde e da Educação. Muitas vezes, deixamos de fazer determinada obra para investir nessas áreas, aqui, por exemplo, essa escola, foi onde a gente começou um projeto que existem em poucas cidades do Brasil. Daqui a um mês e meio, chegaremos a todas as escolas do município, todas as salas de aula vão estar com ar condicionado”, falou ao citar o programa Bons Ventos que está climatizando as unidades educacionais da Rede Municipal de Ensino.

 

Nesta sexta-feira, 31 de julho, as reuniões intersetoriais do Programa Bolsa Família acontecem às 14 horas, na escola estadual Maria Leite, e às 17 horas, no CRAS da praça CEU Helô Urt.