Assim como no Brasil, empreendedorismo feminino se fortalece em Corumbá

Pelo grande número de participantes do “Chá Mulher de Negócios – Empreendedorismo Feminino em Pauta” pode-se afirmar que Corumbá segue o movimento nacional, onde as mulheres já são responsáveis por 43% dos negócios em funcionamento no país.

 

O evento foi realizado na noite desta terça-feira, 21 de julho, pela Prefeitura Municipal de Corumbá, por meio da Secretaria de Indústria e Comércio, e pelo SEBRAE-MS. A iniciativa teve ainda a parceria da A Associação Comercial e Empresarial de Corumbá e Sindicato do Comércio Varejista de Corumbá.

 

 

Representando o prefeito Paulo Duarte, a primeira-dama e diretora presidente da Fuhpan (Fundação de Desenvolvimento Urbano e do Patrimônio Histórico), Maria Clara Scardini, ressaltou a visão que gestão municipal possui para o comércio local.

 

“Uma grande demonstração do que ele quer realmente potencializar em Corumbá foi a criação da Secretaria de Indústria e Comércio para que pudesse ajudar vocês a crescer, ele acredita muito no fortalecimento do comércio local e para isso foi criada essa secretaria especial com a qual trabalhamos muito com o Sistema S que agradecemos muito essa parceria”, resumiu.

 

Para a gerente regional do Sebrae, Isabella Fernandes, as mulheres possuem características que são essenciais dentro do empreendedorismo e por isso a instituição tem desenvolvido programas específicos para esse público.

 

Fizemos uma pesquisa alguns anos atrás e percebemos algumas características que as tornam diferentes dos homens, entre elas, a persuasão, a capacidade de correr riscos calculados e a rede de contatos. O SEBRAE trabalha com empreendedorismo de gênero porque sabemos das dificuldades que vocês passam no dia-a-dia dependendo especialmente de alguns ramos de atuação então por conta disso trabalhamos com pesquisas, com desenvolvimento específico para mulheres”, disse ao comentar sobre mais uma edição do Prêmio SEBRAE Mulher de Negócios que acontece em nível nacional.

 

Para falar sobre “As Sete Chaves da Mulher de Sucesso”, a consultora Helen Cristiane Klein, iniciou palestra mostrando o potencial que somente as mulheres possuem com dinâmicas que fizeram as participantes interagir e quebrar o gelo inicial.

 

A palestra veio mexer com elas de forma que sejam revelados os seus potenciais, os recursos internos que cada um tem porque em cada área elas já tiveram conquistas e em outras não tanto, mas o que faremos é buscar chaves importantes para alinhar a sua missão de vida com seus sonhos, metas e dia-a-dia”, falou.

 

A consultora também reforçou a singularidade de percepção das mulheres e como essa singularidade pode ser revertida em benefício no ramo dos negócios e na vida, desfazendo arquétipos que tendem a manter estagnadas numa mesma situação ao longo do tempo.

 

“A fisiologia do cérebro da mulher é diferente da do homem, ela consegue fazer muitas conexões ao mesmo tempo. O homem faz algumas, mas nós fazemos várias ao mesmo tempo, o que nos coloca numa situação de privilégio. Como percebe mais, isso acaba se tornando um peso para muitas que assumem um papel de vítima, tem aquela que coloca a culpa em todos e aquela que é a heroína, pois assume a resolução do problema e vai à luta, inovando e empreendendo”, detalhou.

 

O encontro seguiu com relato de histórias de sucesso e a formação de redes de contatos entre as mulheres empreendedoras de Corumbá a fim de fortalecer os negócios já estruturados na cidade.