Prefeitura antecipa início das obras de recuperação do Jardim da Independência

A Prefeitura de Corumbá já iniciou as obras de requalificação do Jardim da Independência localizado na área central da cidade. Os serviços deveriam começar a partir da próxima semana, mas foram antecipados para cumprimento de prazos estabelecidos pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Cultura, e pelo Iphan.

 

As obras fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC das Cidades Históricas, do Governo Federal. Este é um dos 10 projetos de Corumbá contemplados pelo programa anunciado pela presidenta Dilma Roussef, durante evento ocorrido na cidade mineira de São João Del Rey, em 2013.

 

Na época, Dilma informou que o PAC das Cidades Históricas atenderia 44 cidades brasileiras e Corumbá foi a única do Mato Grosso do Sul beneficiada pelo programa, fruto de uma articulação do prefeito Paulo Duarte com o senador Delcídio do Amaral.

 

A obra de requalificação do Jardim da Independência que vai agregar maior conforto, segurança, iluminação, beleza e qualidade de vida a um dos principais monumentos históricos da cidade, serão detalhadas pelo prefeito Paulo Duarte na próxima terça-feira, em encontro com representantes dos mais diferentes segmentos da sociedade, inclusive da imprensa.

 

Este é o segundo projeto incluído no PAC das Cidades Históricas já em andamento na cidade. Na semana passada o prefeito havia autorizado início da requalificação de outro monumento histórico da cidade, a Praça da República, que também já está em obras.

 

São R$ 19,6 milhões que serão aplicados também nas restaurações dos prédios da antiga Prefeitura Municipal, Hotel Internacional, antigo Presídio – Casa do Artesão, Casarão da Comissão Mista, Instituto Luiz de Albuquerque (ILA), Igreja Nossa Senhora da Candelária e do antigo mercadão.

 

Junto com o projeto do mercadão está a requalificação da Praça do Uruguai, localizada ao lado. Outra obra é a ligação da parte alta e parte baixa da cidade, com implantação de passarela (projeto de acessibilidade) na área central da cidade, com acesso ao Porto Geral.